Mercado abrirá em 7 h 32 min
  • BOVESPA

    106.247,15
    -2.542,18 (-2,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.394,03
    -1.070,00 (-2,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,01
    +0,42 (+0,38%)
     
  • OURO

    1.812,00
    -3,90 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.103,27
    -875,01 (-2,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    647,93
    -22,75 (-3,39%)
     
  • S&P500

    3.923,68
    -165,17 (-4,04%)
     
  • DOW JONES

    31.490,07
    -1.164,52 (-3,57%)
     
  • FTSE

    7.438,09
    -80,26 (-1,07%)
     
  • HANG SENG

    20.128,97
    -515,31 (-2,50%)
     
  • NIKKEI

    26.452,42
    -458,78 (-1,70%)
     
  • NASDAQ

    11.914,00
    -21,50 (-0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2336
    +0,0153 (+0,29%)
     

Delivery é um terço da receita de bares e restaurantes no Brasil, diz pesquisa

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 17.09.2021 - Still de mão segurando um celular com o app whatsapp aberto. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 17.09.2021 - Still de mão segurando um celular com o app whatsapp aberto. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Os pedidos de comida feitos por Whatsapp, internet ou telefone são, hoje, um terço da receita dos bares e restaurantes brasileiros, o que coloca o Brasil para o primeiro lugar do ranking dos países com maior participação do delivery nas vendas totais dos estabelecimentos.

As informações são de um relatório do Euromonitor, empresa de pesquisa de mercado global, em parceria com a Adyen, plataforma de pagamento. O levantamento analisou o setor em 62 países.

Os entrevistados que dizem pedir comida por delivery pelo menos uma vez por semana são 40%, ante cerca de 20% daqueles que vão a um estabelecimento semanalmente para fazer refeições.

Mesmo com esse cenário, o Brasil está na 23ª posição entre os países com maior percentual de pedidos processados pela internet. Isto significa que ainda há resistência para fazer pagamentos online, usando o pix ou links, por exemplo.

De acordo com a pesquisa, o setor de bares e restaurantes faturou R$ 377 bilhões no ano passado, patamar abaixo do pré-pandemia. Em 2019, a receita foi de R$ 475 bilhões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos