Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    60.167,29
    -794,14 (-1,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

Delegação do governo Maduro chega ao México para negociar com oposição

·1 minuto de leitura
Foto de arquivo do líder da delegação do governo venezuelano, Jorge Rodríguez, em entrevista coletiva durante as primeiras negociações com a oposição na Cidade do México, em 6 de setembro de 2021 (AFP/PEDRO PARDO)

A delegação do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, chegou na tarde deste sábado (25) à Cidade do México para a terceira rodada de negociações com a oposição, informou Jorge Rodríguez, líder do Assembleia Nacional venezuelana.

"Chegamos à linda e hospitaleira terra mexicana para defender a verdade e a dignidade da Venezuela. Esperem notícias nossas", escreveu no Twitter Rodríguez, que chefia a delegação do governo Maduro.

"Novamente chega ao México a nossa delegação, para continuar a jornada de Diálogo com as oposições venezuelanas [...] esperamos novos acordos e resultados positivos para o povo da Venezuela", publicou Maduro no Twitter.

O início da terceira rodada estava programado para a última sexta-feira (24), mas nenhum integrante da delegação do governo chavista se apresentou na Cidade do México.

"Diante da ausência da delegação do regime [de Maduro] no dia de hoje [24], a delegação da Plataforma Unitária reitera o seu compromisso de avançar neste processo", afirmaram os negociadores da oposição, que compareceram ao hotel onde estava marcado o encontro, em um comunicado divulgado na sexta-feira no Twitter por seu principal porta-voz, Gerardo Blyde.

Até o momento, Blyde ainda não tinha se manifestado sobre a chegada de Rodríguez ao México.

Na negociação, os representantes do chavismo pedem o fim das sanções contra a Venezuela e o reconhecimento de Maduro como chefe de Estado, cuja reeleição em 2018 é denunciada como uma fraude por seus adversários.

A oposição, por sua vez, busca estabelecer um cronograma eleitoral que inclua novas eleições presidenciais.

Os encontros anteriores terminaram com acordos em pontos nos quais existe maior consenso: mecanismos para financiar vacinas contra a covid-19 e a ratificação da "soberania" da Venezuela sobre o território Essequibo, na Guiana.

jg/lm/rpr/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos