Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.307,02
    +61,74 (+0,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Decolar compra ViajaNet por cerca de US$15 mi

SÃO PAULO (Reuters) - O portal de produtos de turismo Decolar anunciou acordo para compra da rival brasileira ViajaNet por cerca de 15 milhões de dólares, intensificando a campanha de aquisições no país para acelerar suas receitas.

De acordo com comunicado da Decolar, 60% do valor do negócio será pago no fechamento, com outros 20% liquidados em 24 meses depois e os 20% restantes 36 meses após a aquisição. As empresas manterão suas marcas e trabalhando de forma independente.

A ViajaNet teve faturamento de cerca de 30 milhões de dólares em 2019, o número mais recente divulgado.

"O fechamento da transação deve ocorrer no segundo trimestre de 2022", disse a Decolar, que tem sede na Argentina e que se apresenta como maior plataforma online de turismo da América Latina.

Em abril, o vice-presidente da Decolar, Alberto López Gaffney, antecipou à Reuters que a companhia planejava fazer aquisições no Brasil para capitalizar a retomada de um dos setores mais atingidos no mundo pela pandemia.

(Por Aluísio Alves; edição de André Romani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos