Mercado abrirá em 2 h 49 min
  • BOVESPA

    119.710,03
    -3.253,98 (-2,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.748,41
    -906,88 (-1,83%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,27
    -1,81 (-2,74%)
     
  • OURO

    1.811,40
    -11,40 (-0,63%)
     
  • BTC-USD

    49.987,93
    -6.581,64 (-11,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.351,33
    -212,50 (-13,59%)
     
  • S&P500

    4.063,04
    -89,06 (-2,14%)
     
  • DOW JONES

    33.587,66
    -681,50 (-1,99%)
     
  • FTSE

    6.859,52
    -145,11 (-2,07%)
     
  • HANG SENG

    27.718,67
    -512,37 (-1,81%)
     
  • NIKKEI

    27.448,01
    -699,50 (-2,49%)
     
  • NASDAQ

    12.960,75
    -37,75 (-0,29%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3967
    -0,0088 (-0,14%)
     

Decisão da OAB sobre registro de bicheiro Rogério Andrade como advogado é adiada

Chico Otávio
·1 minuto de leitura

RIO - Um pedido de vista adiou a decisão do Conselho Federal da Ordem do Advogados do Brasil (OAB) sobre um recurso apresentado pelo bicheiro Rogério Andrade, que reivindica a inscrição como advogado nos quadros da seção fluminense da Ordem. Andrade, que é suspeito de mandar matar o rival Fernando Iggnácio e está foragido, alega que foi aprovado no exame da Ordem e é ficha limpa, sem condenações que impeçam o exercício profissional.

O recurso do bicheiro se encontra na 1ª Câmara do Conselho Federal, integrada por 27 membros e responsável por recursos sobre atividade de advocacia e direitos e prerrogativas dos advogados e estagiários, inscrição nos quadros, incompatibilidades e impedimentos. O relator do pedido, conselheiro Paulo Brincas (SC), já se manifestou a favor da inscrição, mas o processo parou após pedido de vista do conselheiro Alex Sarkis (RO), formulado na quinta-feira passada, dia 15.

Leia a matéria na íntegra, apenas para assinantes, aqui.