Mercado fechará em 5 h 55 min
  • BOVESPA

    118.192,30
    +994,48 (+0,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.038,63
    +192,80 (+0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,99
    +0,23 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.721,00
    +0,20 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    20.104,24
    +224,63 (+1,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    457,26
    -5,86 (-1,27%)
     
  • S&P500

    3.759,28
    -24,00 (-0,63%)
     
  • DOW JONES

    30.071,34
    -202,53 (-0,67%)
     
  • FTSE

    6.989,38
    -63,24 (-0,90%)
     
  • HANG SENG

    18.012,15
    -75,82 (-0,42%)
     
  • NIKKEI

    27.311,30
    +190,77 (+0,70%)
     
  • NASDAQ

    11.685,00
    +61,25 (+0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1170
    -0,0192 (-0,37%)
     

De asa de frango a dentadura: acessórios bizarros que são vendidos na Shein

Shein aposta em acessórios inusitados (Reprodução | Shein)
Shein aposta em acessórios inusitados (Reprodução | Shein)
  • Portfólio de produtos da Shein traz enfeites com temáticas incomuns

  • Consumidores se surpreendem com brincos, colares e broches

  • Varejista chinesa cresceu expressivamente nos últimos anos

Já pensou em sair na rua ostentando uma asa de frango no pescoço? Ou complementar o visual com brincos de cabeça de boneca? Para quem não tem medo de ousar no look, o portfólio de brincos da Shein pode ser uma boa pedida.

Além de roupas e sapatos comuns, a varejista chinesa de fast fashion online também tem uma ampla variedade de esquisitices. Os brincos, com temáticas incomuns, chamou a atenção de uma internauta, que postou prints de acessórios diferentões que encontrou na plataforma.

Em pouco tempo, outras pessoas também tuitaram sobre itens que chamaram a atenção no catálogo. Entre eles estão o brinco de privada, um broche de camarão e o colar de asa de frango.

"Essa compra foi do meu irmão, eu achei bizarro mas é bem feito. Até o brilho é fiel, parece real", comentou uma das compradoras do acessório de asinha nos comentários do site. O item sai pela bagatela de R$ 18,99, praticamente o dobro do preço do alimento no mercado.

Apesar de causar estranheza, a estratégia deve funcionar. A Shein tinha, em 2016, 2,8 milhões de usuários e tinha uma receita anual de US$ 0,6 bilhão. Em 2021, os números foram para 43,7 milhões e US$ 15,7 bilhões.

Atualmente, o aplicativo é mais popular do que o da Amazon, em número de downloads, enquanto a receita é comparável a cerca de 55% do faturamento do grupo Inditex, dono da Zara.

Confira o que as pessoas estão falando sobre esse assunto