Mercado abrirá em 1 h 19 min

De apenas 5 m², apartamento é alugado por R$ 7.300 nos EUA

Nova York é a segunda cidade mais cara do mundo para se morar, ficando apenas atrás de Hong Kong
Nova York é a segunda cidade mais cara do mundo para se morar, ficando apenas atrás de Hong Kong
  • Erik, que tem 1,90m, não consegue deitar esticado no apartamento;

  • Banheiro é compartilhado e fica no corredor do prédio;

  • Cama fica acima da entrada, em uma área suspensa.

O influenciador digital americano Erik Conover chocou a internet nas últimas semanas ao fazer um vídeo apresentando o menor apartamento de Nova York. Com 5,1 m², o apartamento chega a ser tão pequeno que Erik, que tem 1,90m, não consegue deitar sem dobrar os joelhos na cama devido a largura tão pequena. Na verdade, o influenciador não consegue nem abrir os braços sem que esses batam nas paredes.

Se não bastasse o tamanho, o que mais chocou os internautas, no entanto, foi o custo do aluguel do apartamento: US$ 1,4 mil mensais, ou R$ 7,3 mil ao mês. Nova York é a segunda cidade mais cara do mundo para se viver, ficando apenas atrás de Hong Kong. De acordo com um corretor entrevistado pela revista Vogue, a média de aluguel na cidade é US$ 4 mil, ou R$ 21 mil

No vídeo Erik afirmou que o apartamento é buscado por pessoas com "pouco dinheiro" e com sonhos de enriquecer na "Grande Maçã". O apartamento, localizado na rua St. Marks Place, no bairro de Lower East Side, conta com um microondas, pia e espelho, um frigobar e um "closet".

Como não há espaço para uma cama tradicional, o teto da entrada é rebaixado para criar um espaço superior onde é possível dormir. O banheiro, por sua vez, não caberia nesse apartamento minúsculo, ficando no corredor onde é compartilhado com o restante dos condôminos.

Nos comentários os usuários se revezaram entre rir da insensatez que é pagar tanto para morar em um espaço desses, e entre criticar o mercado imobiliário americano, em especial o das grandes cidades como Nova York, Los Angeles e San Francisco, que veem a população de rua aumentar cada vez mais.