Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,11 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,12 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,28
    +0,38 (+0,59%)
     
  • OURO

    1.833,40
    +2,10 (+0,11%)
     
  • BTC-USD

    58.168,12
    -465,00 (-0,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,29 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,26 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,85 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,42 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.736,50
    +26,75 (+0,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3685
    +0,0034 (+0,05%)
     

Day trader do Rio Grande do Norte se suicida após perder R$ 200 mil

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Investidor se suicidou após acumular perdas. (Foto: Getty Images)
Investidor se suicidou após acumular perdas. (Foto: Getty Images)
  • Um investidor individual do Rio Grande do Norte cometeu suicídio após acumular perdas na bolsa brasileira.

  • Thiago usou dinheiro que ganhou na demissão de um banco para investir na bolsa.

  • Ele acabou acumulando dívidas de R$ 200 mil, segundo a mãe.

Uma reportagem veiculada na TV Record revelou o caso de um investidor individual na bolsa de valores que tirou a própria vida depois de acumular perdas e dívidas em atividades de day trading – quando o investidor tenta fazer dinheiro com as variações nos preços de ações em uma rotina diária.

Leia também:

Segundo a reportagem, o investidor se chamava Thiago – seu sobrenome não foi revelado – e era morador de Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Perdas

A mãe dele relata a história de como ele começou no day trading depois de ser demitido de um banco privado – ou seja, ele possuía algum conhecimento do mercado financeiro, o que não o livrou de fortes perdas.

Segundo a mãe de Thiago, após a demissão, ele adquiriu um curso online de day trading – uma onda que tem sido impulsionada por influenciadores online que vendem supostas fórmulas de investimento, nenhuma delas com funcionamento comprovado.

Ela conta que as perdas financeiras levaram o filho a desenvolver sintomas depressivos, que chegaram ao ápice depois de Thiago ter perdido todo o dinheiro de sua recisão no banco em negociações mal sucedidas.

Segundo a reportagem, antes de tirar a própria vida, ele acumulava dívidas de mais de R$ 200 mil.

As informações são do portal Criptofácil.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube