Mercado fechará em 4 h 55 min

Davos 2023: Villeroy diz que luta contra inflação continua e orientação de juros do BCE se mantém

Presidente do banco central francês, Francois Villeroy de Galhau, durante fórum em Paris, França

DAVOS, Suíça (Reuters) - O Banco Central Europeu ainda não venceu sua luta contra a inflação alta, então sua orientação para grandes aumentos de juros nos próximos meses permanece válida, disse o presidente do banco central francês, François Villeroy de Galhau, nesta quarta-feira.

O BCE elevou os juros em 2,5 pontos percentuais desde julho e sinalizou uma alta de 50 pontos-base em fevereiro e possivelmente em março, tudo na expectativa de trazer a inflação de volta para 2% em 2025, dos níveis próximos de 10% agora.

"Precisamos manter o rumo em nossa batalha contra a inflação; ela ainda não foi vencida", disse Villeroy em um painel do encontro anual do Fórum Econômico Mundial em Davos.

Suas declarações vêm depois de uma reportagem da Bloomberg News de que algumas autoridades do BCE estão contemplando um aumento de juros menor em março.

Villeroy pareceu descartar isso, dizendo que a orientação da presidente do BCE, Christine Lagarde, para um movimento de 50 pontos-base em fevereiro e possivelmente nas reuniões subsequentes permanece válida.

A inflação pode atingir o pico no primeiro semestre de 2023, seguida pelo crescimento dos preços subjacentes, recuando para a meta de 2% do BCE no final de 2024 ou início de 2025, disse ele.

Villeroy também está relativamente otimista em relação ao crescimento, argumentando que uma recessão, parte da previsão básica do BCE, poderia ser evitada dados os indicadores recentes.

(Reportagem de Balazs Koranyi)