Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.344,06
    -2.086,48 (-1,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.563,06
    -1,21 (-0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,61
    -2,26 (-2,87%)
     
  • OURO

    1.941,70
    -3,60 (-0,19%)
     
  • BTC-USD

    23.055,59
    -59,02 (-0,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    521,98
    +279,30 (+115,09%)
     
  • S&P500

    4.060,83
    -15,77 (-0,39%)
     
  • DOW JONES

    33.755,29
    -330,75 (-0,97%)
     
  • FTSE

    7.761,11
    -10,59 (-0,14%)
     
  • HANG SENG

    22.072,18
    +229,85 (+1,05%)
     
  • NIKKEI

    27.346,88
    +19,77 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.168,50
    +16,50 (+0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5494
    +0,0338 (+0,61%)
     

Davos 2023: Chefe do FMI diz que perspectivas econômicas são melhores do que meses atrás

Diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva

DAVOS, Suíça (Reuters) - A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disse nesta sexta-feira que as perspectivas econômicas são melhores do que se previa há alguns meses.

Georgieva disse a um painel do Fórum Econômico Mundial que a melhora se deu pelo avanço do potencial da China de impulsionar o crescimento, e que o FMI agora prevê um crescimento chinês de 4,4% para 2023.

Ela disse, no entanto, que não viu nenhuma "melhoria dramática" na atual previsão de crescimento global do FMI para 2023 de 2,7%.

Georgieva disse que a guerra na Ucrânia continua sendo um "risco tremendo" para a confiança, principalmente na Europa.

(Reportagem de Mark John)