Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    48.437,98
    -1.033,52 (-2,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

David Braz atuar pelo Grêmio o impede de defender o Fluminense na Libertadores? Checamos

Marcello Neves
·1 minuto de leitura

Substituição no Grêmio: sai Lucas Silva, entra David Braz. Isso aconteceu na última sexta-feira, na derrota dos gaúchos por 2 a 1 diante do Independiente del Valle, do Equador, pela pré-Libertadores. Ao mesmo tempo em que a troca aconteceu, surgiu uma dúvida nos torcedores do Fluminense: o fato de ter entrado em campo por rival o impediria de atuar na competição pelo Tricolor?

O EXTRA foi tirar essa dúvida e checou que não, não existe problema e ele ainda poderá atuar pelo Fluminense na Libertadores caso a contratação seja confirmada. Isso porque o regulamento da Conmebol permite que jogadores que atuaram na pré-Libertadores possam defender outros clube na fase de grupos.

Como o Grêmio está na pré-Libertadores, mais especificamente na terceira fase classificatória, isso não será problema.

O acerto entre David Braz e Fluminense está bem encaminhado. O zagueiro chegou a um acordo com o clube e só não foi anunciado porque ainda negocia a rescisão com o Grêmio.

Aos 33 anos, David Braz soma 67 partidas com a camisa do clube gaúcho, onde chegou em 2019. Ele marcou sete gols nesse período. Antes disso, teve passagens por Sivasspor (TUR), Santos, Vitória, Flamengo, Parathinaikos (GRE) e Palmeiras, onde se formou.