Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.659,06
    +818,75 (+1,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Datena diz que vai estrear nas próximas eleições e fala da corrida ao Planalto: 'Só saio candidato a presidente'

·1 min de leitura

Velho conhecido do público, José Luiz Datena está disposto a iniciar uma nova carreira: quer ser candidato nas proximas eleições e ser presidente. Essa, na verdade, não é a primeira vez que o apresentador de TV ensaia sua estreia na carreira política. Agora, porém, ele se mostra confiante em encarar o desafio. Embora seja o candidato escolhido pelo PSL, ser oficializado no pleito ao Executivo não será tão simples. Isso porque sua legenda se fundiu com o DEM. Datena, então, deverá enfrentar outros nomes nas prévias do novo partido, o União Brasil. Ele, porém, ressalta: só topa a candidatura se for para concorrer a presidência.

"Eu aceito prévias contra Luiz Henrique Mandetta e Rodrigo Pacheco, porque sou um democrata. Posso participar e ganhar. Agora, se eu perder, não quero ficar e ser candidato nem a governador nem ao Senado, porque tenho convites de outros partidos. Gilberto Kassab já me convidou para ser candidato e tive uma conversa com Ciro Gomes (PDT), que me ofereceu a possibilidade de ser candidato a vice dele ou a governador. Então, dessa fusão, eu só saio candidato a presidente", afirma Datena, em entrevista à revista "Veja".

O apresentador revela que a família é contra à empreitada política e que os dirigentes da emissora para qual trabalha o deixou tranquilo, caso concorra nas eleições em 2022.

Para a publicação, Dantena falou ainda sobre sua visão de resultado em um hipotético segundo turno, em disputas com o atual presidente Jair Bolsonaro ou o ex-presidente Lula: "(Tiraria) Bolsonaro, com certeza. Ele é quem está perdendo voto, é o que dizem as pesquisas. Mais fácil tirar ele do que Lula", opina ele, que teceu críticas aos dois.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos