Mercado fechará em 2 h 24 min
  • BOVESPA

    105.993,25
    -369,85 (-0,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.595,46
    -119,14 (-0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,76
    -0,90 (-1,09%)
     
  • OURO

    1.804,50
    +5,70 (+0,32%)
     
  • BTC-USD

    61.192,19
    +2.431,98 (+4,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.476,97
    +57,59 (+4,06%)
     
  • S&P500

    4.584,96
    +33,28 (+0,73%)
     
  • DOW JONES

    35.625,17
    +134,48 (+0,38%)
     
  • FTSE

    7.249,47
    -3,80 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    25.555,73
    -73,01 (-0,28%)
     
  • NIKKEI

    28.820,09
    -278,15 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    15.744,25
    +157,00 (+1,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5635
    +0,1388 (+2,16%)
     

Datafolha deve reforçar prioridade dada por candidatos a eleitores 'precarizados'

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (16) deve reforçar a ênfase dada por candidaturas como as de Lula (PT) e Ciro Gomes (PDT) em medidas direcionadas aos trabalhadores informais, também chamados de invisíveis.

No grupo dos assalariados sem registro, Jair Bolsonaro tem apenas 17% de avaliação ótima/boa e 60% de ruim/péssima. Esse universo, dos "precarizados" ou "uberizados", tornou-se uma prioridade para candidatos de oposição, que vêm prometendo criar uma rede mínima de proteção social.

Outro flanco a explorar é o das donas de casa, as primeiras a sentirem a alta da inflação. Apenas 17% nesse grupo avaliam o desempenho de Bolsonaro como ótimo ou bom.

Governistas esperam que o recuo da inflação na parte final do ano e a aprovação da nova versão do Bolsa Família ajudem na recuperação de apoio destes segmentos. O novo auxílio, no entanto, depende de negociação difícil com Judiciário e Congresso para encontrar espaço fiscal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos