Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,95 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,70 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +2,70 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +5,60 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    19.056,15
    -180,57 (-0,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,83 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    +81,00 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5587
    +0,0531 (+0,96%)
     

Daslu vai a leilão com lance inicial de R$ 1,4 milhão

stylish different clothes on a rail on a white background in the studio
Marca já simbolizou o mais alto luxo da moda brasileira (Getty Image)
  • Deslu será leiloada nesta terça-feira (7)

  • A empresa faliu depois de escândalos de sonegação fiscal

  • O lance inicial é de R$ 1.411.022

Do luxo à falência: nesta semana, acontece o leilão Daslu, empresa ícone varejista que por décadas e já simbolizou o mais alto luxo da moda brasileira. Após escândalos envolvendo sonegação fiscal e formação de quadrilha, o valor arrecadado será usado para pagar os custos do processo de falência da marca.

O site da casa de leilões Sodré Santoro diz que o lance inicial é de R$ 1.411.022. O processo pode ser acompanhado através do site da empresa, no dia 07/06 a partir das 13 horas.

Quem adquirir a marca terá que enfrentar o desafio de trazer o nome de volta para o centro das atenções, além de reconstruir o legado em meio a retomada da economia.

Criada em 1950, a empresa ganhou fama nos anos 90. Comendada por Eliana Tranchesi, a empresa já foi considerada a principal loja de roupas e acessórios de luxo no país. O declínio começou no início dos anos 2000, quando foram iniciadas operações pela Polícia Federal em relação à um esquema de sonegação.

O crime teria acontecido na importação dos artigos de luxo iniciou em 2005. No esquema, a corporação não emitia notas fiscais para venda de mercadorias, falsificava documentos e subfatura notas.

Os donos da companhia não chegaram a cumprir pena estipulada de 94 anos. Eliana ficou presa por 12 horas. Elafoi liberada no dia seguinte porque estava em um tratamento de câncer

Já Carlos Piva de Albuquerque, irmão de Tranchesi, ficou foragido até semana passada, quando foi preso. O acusado terá que cumprir pena de 7 anos e 8 meses de prisão, em regime fechado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos