Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.591,41
    -172,59 (-0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.435,45
    +140,65 (+0,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,79
    +0,03 (+0,03%)
     
  • OURO

    1.821,30
    +0,10 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    20.345,61
    -479,18 (-2,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    441,05
    -9,01 (-2,00%)
     
  • S&P500

    3.821,55
    -78,56 (-2,01%)
     
  • DOW JONES

    30.946,99
    -491,31 (-1,56%)
     
  • FTSE

    7.323,41
    +65,09 (+0,90%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,47 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,17 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    11.683,25
    +9,00 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5438
    -0,0003 (-0,01%)
     

Dark Crisis | Nova saga da DC pode estrear multiverso inteiro conectado ao Flash

A ideia de vários mundos alternativas situados em universos paralelos e/ou diferentes linhas temporais está na moda nos cinemas, graças à Fase 4 do Universo Cinematográfico Marvel (MCU, na sigla em inglês). Mas que lê os quadrinhos há algum tempo sabe que isso é comum nas principais editoras de super-heróis do mundo faz tempo, especialmente na DC Comics. E, agora, a mais nova saga decenauta, Dark Crisis, dá indícios de que as tramas de Batman e cia. podem ganham em breve um multiverso conectado especialmente ao Flash.

Atenção para spoilers sobre a saga Dark Crisis!

Em Dark Crisis, saga atual da principal cronologia da DC Comics, os principais heróis da Liga da Justiça morreram, em um ataque orquestrado pelo Pária e seu Exército das Trevas, que conta com ninguém menos que vilões da estatura de Darkseid, Eclipso, Apocalypse, Nekron, Neron e Ares. Esse grupo, assassinou Superman, Batman, Mulher-Maravilha, Zatanna, Aquaman, Mulher-Gavião, Caçador de Marte e o Lanterna Verde John Stewart — os detalhes sobre o evento todo deixamos para um especial do Canaltech em um dos próximos domingos.

É claro que os heróis não estão definitivamente mortos, mas fato é que a principal Terra dos Multiversos da DC vive o luto de seus ícones, enquanto a Liga da Justiça tem que se virar com seguidores do legado. O Superman Jon Kent e o Flash Wally West, ao lado do Asa Noturna, tentam liderar a nova equipe, que recebe o reforço de um dos únicos veteranos remanescentes, o Lanterna Verde Hal Jordan.

Homenagem da comunidade heróica aos mortos da Liga da Justiça em Dark Crisis #1 (Imagem: Reprodução/DC Comics)
Homenagem da comunidade heróica aos mortos da Liga da Justiça em Dark Crisis #1 (Imagem: Reprodução/DC Comics)

Tudo isso acaba de acontecer na estreia da saga, lançada neste mês, e que deve seguir trazendo esse “mundo sem Liga da Justiça” até o final deste ano. E, ainda na primeira edição, já temos um “spoiler” vindo da própria divulgação de Dark Crisis #4, que deve chegar às bancas gringas em setembro.

A sinopse diz o seguinte:

Testemunhe o nascimento do novo DC Multiverse! Diretamente das páginas de The Flash, os heróis aprendem o segredo dos novos mundos de Pária. Mas a que custo esse conhecimento vem e o que eles podem fazer com essa informação? Pior ainda, talvez Pária e a Grande Escuridão queiram que eles saibam...? Na Terra-0, o Exterminador continua avançando com seus planos de apagar o legado heroico de uma vez por todas, enquanto Jon Kent, Asa Noturna e o grupo desorganizado de jovens se reúnem para enfrentar o número crescente de desafios. O evento do ano continua!

A Grande Escuridão é ainda uma ameaça misteriosa que vem espreitando os Multiversos DC após o final de Noites de Trevas: Death Metal e, embora o Flash (ou os Flashes) não sejam citados na sinopse, há um grande destaque para o Velocista Escarlate em Dark Crisis #4. E como a edição adianta um “Novo Multiverso DC”, já ficam especulações sobre um multiverso especialmente conectado ao corredor.

Capa variante de Dark Crisis #4 (Imagem: Reprodução/CBR)
Capa variante de Dark Crisis #4 (Imagem: Reprodução/CBR)

Vale lembrar que Barry Allen está “perdido” em um dos Multiversos da DC. E como o Flash sempre teve trânsito entre as várias Terras paralelas e a Força da Aceleração é conectada a linhas temporais, tudo leva a crer que teremos um novo conceito sobre tempo e espaço na DC a partir desse novo “Multiverso Flash”.

Dark Crisis se dedica ao legado e à ascensão da “velha guarda”

Claro que ainda há muita coisa para ser revelada, mas tudo o que vem acontecendo até agora na DC Comics, incluindo esse “novo Multiverso Flash”, aponta para um passo adiante na expansão do legado e na transformação dos heróis clássicos em “lendas”.

Isso porque os heróis clássicos aos poucos vêm dando lugar para seus seguidores. Clark Kent deixou a Terra para assumir um papel maior na defesa da liberdade em toda a galáxia, enquanto Jon Kent é atualmente o Superman de nosso planeta. Bruce Wayne vem deixando Gotham City, que não mais o vê como seu defensor de outras épocas, enquanto Tim Fox se torna o novo Batman. Diana Prince se tornou uma entidade cósmica, substituída por Nubia e Yara Flor.

Capa de Dark Crisis #0 (Imagem: Reprodução/DC Comics)
Capa de Dark Crisis #0 (Imagem: Reprodução/DC Comics)

Fica claro que os planos da DC é promover os novos heróis de legado para uma nova geração, que pode se conectar melhor à diversidade e representatividade; às motivações de personagens que vestem os mesmos trajes icônicos — mas que dão voz a uma leva mais jovem de leitores.

Mas, e como ficam os heróis da “velha guarda”? Bem, assim como aconteceu com Diana Prince, a DC pode promover seus mais icônicos personagens a um patamar nunca visto, de “lendas”, de seres que alcançariam um status acima dos mortais.

“Como” e “se” isso realmente vai acontecer, é o que veremos, até porque o aspecto humano desses heróis é o que atrai tanto os leitores. Entretanto, a DC já flerta com a possibilidade de transformar seus ícones em deuses de uma mitologia similar à greco-romana há tempos — e, agora, pode ser que isso se concretize, após os eventos de Dark Crisis.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos