Mercado abrirá em 26 mins
  • BOVESPA

    121.113,93
    +412,93 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,12
    -0,01 (-0,02%)
     
  • OURO

    1.776,80
    -3,40 (-0,19%)
     
  • BTC-USD

    56.992,12
    +2.373,73 (+4,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.296,25
    -95,46 (-6,86%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,67 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.011,41
    -8,12 (-0,12%)
     
  • HANG SENG

    29.106,15
    +136,44 (+0,47%)
     
  • NIKKEI

    29.685,37
    +2,00 (+0,01%)
     
  • NASDAQ

    13.968,25
    -61,25 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7150
    +0,0289 (+0,43%)
     

Daniel Silveira deixa cadeia após decisão do STF

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) deixou na tarde deste domingo (14) o Batalhão Especial Prisional da PM em Niterói, no Rio de Janeiro.

Daniel saiu sorrindo e acenando para apoiadores e seguiu para Petrópolis, onde mora. Alguns dos apoiadores exibiam placas com o seu nome, parecidas com a que ele quebrou com o nome de Marielle Franco, executada há três anos.

Leia também:

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta domingo a substituição da prisão pela pena domiciliar com monitoramento por tornozeleira eletrônica. A defesa do deputado disse que vai recorrer da decisão.

"Os argumentos utilizados pelo nobre Ministro da Suprema Corte, condutor dos inquéritos que recaem sobre o Deputado Daniel Silveira, não guardam relação com o objeto primevo da prisão levada a termo ao arrepio do Comando Constitucional e normas legais", disseram os advogados em nota.

Em 16 de fevereiro Silveira foi preso em flagrante após divulgar em rede social vídeo no qual defende o AI-5 — o ato mais duro da ditadura militar (1964-1985) — e a destituição dos ministros do Supremo Tribunal Federal.