Mercado abrirá em 6 h 42 min
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    62.301,61
    +1.407,23 (+2,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

Daniel Craig se emociona ao se despedir da equipe de James Bond

·1 minuto de leitura

Daniel Craig ficou emocionado após filmar sua cena final como James Bond. No documentário "Being James Bond", do Apple+, Craig aperece conversando com a equipe do filme e agradecendo a todos pelo trabalho nos cinco longa-metragens nos quais encarnou o 007: "Casino Royale" (2006), "Quantum of Solace" (2008), "Skyfall" (2012), "Specter" (2015) e "Sem tempo para morrer" (2021).

“Muitos aqui trabalharam em cinco filmes comigo, e eu sei que muitas coisas foram ditas sobre o que eu penso em relação a esses filmes", disse o ator. "Mas adorei cada segundo deles, especialmente esse por acordar todas as manhãs e ter a chance de trabalhar com vocês. E essa foi uma das maiores honras da minha vida.”

“Being James Bond” é um especial de 45 minutos sobre os 15 anos de Daniel Craig a frente da fanquia. O documentário está disponível para aluguel gratuito no aplicativo da Apple TV até 7 de outubro.

Durante o discurso, Craig começa a chorar e enxugar os olhos enquanto a equipe escuta com atenção para, em seguida, aplaudir o ator. Craig encarnou o espião inglês pela primeira vez em "Casino Royale", dirigido por Martin Campbell, em 2006. Assim, "Sem tempo para morrer" encerra um período de 15 anos do ator como o personagem originalmente criado por Ian Fleming.

As filmagens do longa-metragem terminaram antes do início da pandemia de Covid-19, mas seu lançamento acabou sendo adiado de abril do ano passado passado para 30 de setembro de 2021. Dirigido por Cary Fukunaga, o filme traz no elenco nomes como Ana de Armas, Rami Malek, Lea Seydoux, Christoph Waltz e Jeffrey Wright.

"007 - Sem tempo para morrer" será o filme mais extenso da franquia do agente secreto, com 163 minutos de duração (ou 2h43m).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos