Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.286,52
    +166,71 (+0,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

"Dança" do acasalamento: aranha-lobo conquista fêmeas com batidas ritmadas

Uma espécie de aranha-lobo chamada Schizocosa stridulans usa batidas ritmadas com as patas dianteiras para conquistar as fêmeas. Quanto mais complexo o ritmo, maior a chance de sucesso. As informações vêm de um estudo publicado na revista científica Biology Letters.

Segundo o artigo científico, o movimento consiste em flexionar o apêndice e balançar o abdômen, o que ocasiona não apenas em vibrações, mas também sinais visuais importantes na escolha da fêmea. Entretanto, os biólogos da University of Nebraska ainda não sabem explicar exatamente por que as fêmeas são mais propensas a aceitar machos com exibições mais complexas.

Para chegar a essa descoberta, os pesquisadores filmaram encontros entre aranhas-lobo, em tiras de papel filtro, o que permitiu registrar as delicadas vibrações dos animais. A aranha fêmea foi a primeira a ser colocada na plataforma, e no tempo que ficou sozinha, teceu um cordão carregado de feromônios, uma indicação de que estava aberta ao acasalamento:

Em 44 testes de acasalamento, os pesquisadores descobriram que os machos da espécie aranha-lobo copulavam mais e mais rápido se produzissem sinais complexos durante esse encontro. "Muitos animais se comunicam com exibições complexas que consistem em múltiplos sinais através de modalidades sensoriais", conclui o estudo.

Aranhas e vibrações

Já não é segredo para a ciência que a aranha é um animal muito ligado às vibrações. Para se ter uma noção, anteriormente, uma equipe do MIT (Massachusetts Institute of Technology) estudou a estrutura de uma teia e suas vibrações e decidiu transformar tudo em música. Cientistas e músicos se juntaram então para criar uma performance imersiva chamada Spider's Canvas, aplicando diferentes frequências de som a comprimentos específicos de fibras da teia.

Em outro artigo, uma equipe de cientistas ajudou a esclarecer como a aranha usa as teias para capturar sons, proporcionando aviso sobre presas ou predadores nos arredores.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos