Mercado abrirá em 3 h 18 min
  • BOVESPA

    111.539,80
    +1.204,97 (+1,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.682,19
    +897,61 (+2,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,14
    +0,39 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.725,50
    -8,10 (-0,47%)
     
  • BTC-USD

    51.146,90
    +2.193,82 (+4,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.023,96
    +35,86 (+3,63%)
     
  • S&P500

    3.870,29
    -31,53 (-0,81%)
     
  • DOW JONES

    31.391,52
    -143,99 (-0,46%)
     
  • FTSE

    6.691,90
    +78,15 (+1,18%)
     
  • HANG SENG

    29.880,42
    +784,56 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    29.559,10
    +150,93 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    13.168,00
    +112,75 (+0,86%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8704
    +0,0083 (+0,12%)
     

Daly, do Fed, diz ser improvável que banco reduza ritmo de compra de títulos em 2021-WSJ

·1 minuto de leitura
Presidente do Federal Reserve de São Francisco, Mary Daly

(Reuters) - É improvável que o banco central dos Estados Unidos recue em seu estímulo de compra de títulos este ano, disse a presidente do Federal Reserve de São Francisco, Mary Daly, em uma entrevista ao Wall Street Journal.

Daly disse ao jornal que continua a esperar que a economia dos EUA ganhe velocidade ao longo do segundo semestre do ano, à medida que as vacinações contra a Covid-19 são implementadas e permitem que a economia se recupere da pandemia. Mas ela acrescentou que ainda não será hora de o banco central abandonar seus 120 bilhões de dólares mensais de compra de títulos.

"Por enquanto, temos a política monetária numa boa posição", disse Daly. "Se você pegar as lentes da minha perspectiva modal, então o Fed realmente continuará comprando no ritmo atual até o final deste ano."