Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.031,98
    +267,72 (+0,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.638,36
    -215,01 (-0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,43
    -0,98 (-1,10%)
     
  • OURO

    1.793,80
    -4,30 (-0,24%)
     
  • BTC-USD

    24.034,15
    -282,46 (-1,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    570,11
    -20,66 (-3,50%)
     
  • S&P500

    4.297,14
    +16,99 (+0,40%)
     
  • DOW JONES

    33.912,44
    +151,39 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.509,15
    +8,26 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    20.040,86
    -134,76 (-0,67%)
     
  • NIKKEI

    28.779,39
    -92,39 (-0,32%)
     
  • NASDAQ

    13.664,25
    -17,00 (-0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1785
    0,0000 (0,00%)
     

Daly, do Fed, diz não estar preocupada sobre elevar demais os juros

(Reuters) - A presidente do Federal Reserve de San Francisco, Mary Daly, disse nesta sexta-feira não estar preocupada com a possibilidade de o banco central norte-americano estar elevando demais as taxas de juros, à medida que diminui o apoio a uma economia ainda forte.

"Não estou preocupada", disse Daly ao programa Morning Rush da Newsy, observando que o Fed ofereceu estímulo monetário extraordinário à economia quando atingida pela pandemia e agora o está reduzindo para tentar baixar a taxa de inflação muito alta.

Fazer isso (subir os juros) ajudará os norte-americanos que atualmente lutam para pagar por gasolina e alimentos e, embora o aumento nos custos de empréstimos torne isso um pouco "dolorido" agora, a inflação deverá ficar menos dolorosa até o fim do ano, disse ela.

(Por Ann Saphir)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos