Mercado abrirá em 1 h 57 min

DALL-E 2 está pronta para o mercado e começará a ser vendida em breve

A OpenAI finalmente passará a vender seu programa de criação de imagens DALL-E 2 para um milhão de pessoas inscritas na lista de espera. Um e-mail foi enviado nesta semana informando que os selecionados devem receber um convite para fazerem a compra do serviço. O software estava em desenvolvimento quando recebeu mais de 100 mil interessados em experimentar a solução, número que desceu nos últimos meses.

O DALL-E 2 é um programa de computador voltado para o desenho artístico que usa inteligência artificial aprimorada na criação das imagens. Isso permite que os designers trabalhem de diversas maneiras: imagens estilizadas, desenhos animados, fotografias realísticas e até onde a criatividade for.

O sistema funciona de duas maneiras principais: por construção via descrição em texto ou por ajustes em imagens existentes. Você pode escrever as características do que pretende obter e a IA produz tudo de forma automática — quanto mais precisa for a orientação, melhor resultado. Já para as imagens preexistentes dá para fazer retoques ou substituir elementos, como trocar um cachorro por um gato ou um tipo de flor por outro.

Uma versão gratuita de testes podia ser usada gratuitamente por um pequeno grupo de inscritos para entender o funcionamento do programa. A licença não dava o direito de uso das imagens em projetos comerciais, mas agora isso passa a ser liberado. Ilustradores infantis, desenvolvedores de jogos, profissionais que lidam com efeitos especiais e especialistas em marketing poderão usar o poder da ferramenta para entregar resultados aos clientes.

É claro que um programa que promete tanto não pode ser simplesmente disponibilizado sem acompanhamento. O desenvolvimento será contínuo para solucionar bugs, aprimorar a experiência e trazer novos recursos conforme o feedback dos usuários.

Imagens que chamam a atenção

A primeira onda de usuários produziu um fluxo imenso de imagens impressionantes: desde animais fotos até imagens que se assemelham a fotografias, mas foram criadas com a IA do programa. Há algumas limitações propositais para impedir o deep fake e uso indevido como a impossibilidade de gerar imagens de pessoas conhecidas.

A OpenIA também fez ajustes para impedir o uso da IA no reforço de preconceitos de gênero ou raça. Muitas imagens produzidas, por exemplo, colocavam homens brancos como presidentes de empresas e mulheres brancas como enfermeiras. Testes foram feitos e o algoritmo calibrado para incluir mais diversidade nos grupos de pessoas e assim refletir populações do mundo inteiro.

Essa será uma luta constante, segundo os próprios desenvolvedores, porque os algoritmos baseados em aprendizado de máquina tendem a reproduzir preconceitos humanos, já que são alimentados por percepções das pessoas. Mesmo assim, a OpenAI diz estar disposta a encarar o desafio e muito confiante com o sucesso da empreitada.

DALL-E pronto para o mercado

O DALL-E 2 usará um sistema de compra de créditos para uso, em vez de assinatura ilimitada ou aquisição completa. Com US$ 15 a pessoa poderá adquirir 115 créditos, o que pode ser usado para produzir 460 imagens sem marca d'águas e legalmente prontas para o mercado. Os pagantes receberão 50 créditos grátis no primeiro mês e 15 adicionais por mês que renovarem o pacote.

A OpenAI é uma instituição sem fins lucrativos de pesquisa em inteligência artificial, cujo objetivo é promover e desenvolver IA amigável, de tal forma a beneficiar a humanidade. Como não tem o lucro fomo propósito, pode desenvolver soluções úteis a preços acessíveis.

Em maio de 2022, o Google anunciou planos para lançar uma ferramenta similar de criação de imagens com ajuda de IA chamada Imagen. Pouco se sabe sobre a empreitada, mas é provável que o software siga na mesma linha do DALL-E.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos