Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    45.065,64
    -2.532,57 (-5,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

Daimler estuda IPO de unidade de caminhões: Fontes

Eyk Henning, Ruth David e Christoph Rauwald
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Daimler, fabricante dos carros de luxo Mercedes-Benz, está perto de tomar uma decisão sobre uma possível oferta pública inicial de sua unidade de caminhões pesados, disseram pessoas com conhecimento do assunto.

O conselho fiscal da montadora alemã deve se reunir na quarta-feira para avaliar uma possível listagem separada da empresa, segundo as pessoas. A Daimler pode vender uma participação minoritária na unidade por meio de um IPO já no segundo semestre caso siga em frente com os planos, disseram as pessoas, que não quiseram ser identificadas.

Qualquer oferta seria uma das maiores vendas de ações da Alemanha do ano e reforçaria a adoção de uma nova estrutura corporativa pela Daimler, dando mais independência às suas principais divisões. Há anos investidores pedem à Daimler que considere uma listagem separada da operação de caminhões, que é uma das maiores produtoras mundiais de veículos comerciais.

As deliberações sobre uma possível listagem estão em andamento e não há certeza de que a Daimler decidirá prosseguir, disseram as pessoas. Um porta-voz da Daimler não quis comentar.

A unidade de caminhões da Daimler pode valer cerca de 29 bilhões de euros (US$ 35 bilhões) se avaliada em múltiplos semelhantes aos da Volvo, embora fosse necessário melhorar significativamente os retornos para justificar esse valor, escreveram analistas do Deutsche Bank em relatório de janeiro. Na quarta-feira, o Sanford C. Bernstein estimou que o negócio pode valer 35 bilhões de euros.

“Estamos firmemente convencidos de que os negócios de veículos comerciais e premium da Daimler serão muito melhor administrados com mais transparência e responsabilidade”, disse Arndt Ellinghorst, do Bernstein, em relatório.

Força de mercado

Pode ser um momento oportuno para a listagem. A Volvo divulgou aumento de pedidos e lucro trimestral acima do esperado na quarta-feira e disse que a atividade de transporte e construção se recuperou totalmente na maioria dos mercados, o que aumentou a confiança dos clientes. A empresa sueca elevou a previsão para as vendas de veículos pesados da Europa e América do Norte neste ano em 90 mil unidades.

Executivos da Daimler têm descartado uma venda completa de divisões, mas mantiveram a porta aberta para uma listagem parcial da unidade de caminhões. A divisão vende mais caminhões pesados anualmente do que seus rivais globais, embora com retornos abaixo dos registrados pela Volvo e outros concorrentes.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.