Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.976,70
    -2.854,45 (-2,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.668,64
    -310,37 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,28
    -1,66 (-2,13%)
     
  • OURO

    1.754,00
    +8,40 (+0,48%)
     
  • BTC-USD

    16.565,78
    -9,99 (-0,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    386,97
    +4,32 (+1,13%)
     
  • S&P500

    4.026,12
    -1,14 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.347,03
    +152,97 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.486,67
    +20,07 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    17.573,58
    -87,32 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    28.283,03
    -100,06 (-0,35%)
     
  • NASDAQ

    11.782,80
    -80,00 (-0,67%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6244
    +0,0991 (+1,79%)
     

Dahmer | Ryan Murphy disse que procurou famílias das vítimas

Criada por Ryan Murphy e lançada em setembro de 2022, Dahmer: Um Canibal Americano é uma das séries policiais da Netflix de maior sucesso, mas também uma das mais polêmicas. A trama de dez episódios gira em torno da vida de Jeffrey Dahmer, um assassino em série que matou 17 pessoas entre 1978 e 1991 e se tornou um dos criminosos mais conhecidos dos Estados Unidos.

Desde que estreiou, a produção conquistou a audiência e se firmou durante muitas semanas no primeiro lugar do top 10 do streaming. Muitas pessoas, no entanto, comentaram que a série tem um trama pesada e difícil de assistir, mas essa não foi a grande questão. Pouco tempo após o lançamento, as famílias de várias vítimas de Dahmer vieram a público dizer que a série era "retraumatizante".

Rita Isbell, irmã de Errol Lindsey, que foi assassinado por Jeff em 1991, disse que a Netflix nunca procurou sua família para falar sobre a criação da série e que era triste ver que o streaming estava apenas ganhando dinheiro às custas dessa tragédia.

“Nunca fui contatada sobre o show. Eu sinto que a Netflix deveria ter perguntado se nos importamos ou como nos sentimos ao fazê-lo. Não me perguntaram nada. Eles apenas fizeram isso. Mas não estou com fome de dinheiro, e é disso que trata esse programa, a Netflix tentando ser paga.”

Já Shirley Hughes, mãe de Tony, que também foi vítima de Dahmer, disse à imprensa dos Estados Unidos que não entende como a Netflix pôde usar os nomes das vítimas e divulgar a história.

Além de assassinato, Dahmer também cometia canibalismo. (Imagem:Reprodução/Netflix)
Além de assassinato, Dahmer também cometia canibalismo. (Imagem:Reprodução/Netflix)

O fato é que muitos documentos do caso são de domínio público, ou seja, podem ser acessados facilmente e desse modo as produtoras não precisam pedir permissão aos familiares das vítimas dos crimes ou aos criminosos para retratarem suas histórias.

O outro lado de Dahmer: Um Canibal Americano

Se por um lado os familiares das vítimas expuseram suas insatisfações, por outro Ryan Murphy declarou que procurou 20 famílias e amigos das vítimas para embasar a pesquisa sobre a série, mas que nunca recebeu nenhuma resposta sequer.

“Ao longo dos três, três anos e meio em que estávamos realmente escrevendo, trabalhando nisso, tentamos falar com cerca de 20 familiares e amigos das vítimas, tentando obter informações, tentando conversar com as pessoas , e nem uma única pessoa nos respondeu nesse processo.

Então, confiamos muito fortemente em nosso incrível grupo de pesquisadores que... nem sei como eles encontraram tantas coisas. Mas foi como um esforço de noite e dia tentando descobrir a verdade dessas pessoas.”

A verdade é que a Netflix tentou fazer uma série bastante fidedigna à realidade, embora algumas pessoas que acompanharam o caso ainda tenham críticas à produção, como é o caso da repórter Anne E Schwartz, que citou algumas imprecisões. Totalmente verdadeira ou não, a realidade é que Dahmer: Um Canibal Americano conquistou o público e recebeu 84% de avaliações positivas da audiência comum e 62% da crítica especializada no Rotten Tomatoes.

Evan Peters assume o papel do protagonista na série Dahmer: Um Canibal Americano. (Imagem:Reprodução/Netflix)
Evan Peters assume o papel do protagonista na série Dahmer: Um Canibal Americano. (Imagem:Reprodução/Netflix)

Além de Murphy, a obra é assinada por Ian Brennan e traz no elenco Richard Jenkis, Niecy Nash, Molly Ringwals, além de Evan Peters no papel do protagonista assassino. Você pode assistir a todos os episódios de Dahmer: Um Canibal Americano na Netflix.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: