Mercado fechará em 5 h 42 min
  • BOVESPA

    106.325,43
    -48,44 (-0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.973,27
    +228,35 (+0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,41
    +1,59 (+1,90%)
     
  • OURO

    1.811,40
    -5,10 (-0,28%)
     
  • BTC-USD

    41.683,46
    -951,13 (-2,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    997,43
    -28,30 (-2,76%)
     
  • S&P500

    4.662,85
    +3,82 (+0,08%)
     
  • DOW JONES

    35.911,81
    -201,79 (-0,56%)
     
  • FTSE

    7.572,89
    -38,34 (-0,50%)
     
  • HANG SENG

    24.112,78
    -105,25 (-0,43%)
     
  • NIKKEI

    28.257,25
    -76,27 (-0,27%)
     
  • NASDAQ

    15.358,25
    -237,50 (-1,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2836
    -0,0102 (-0,16%)
     

Dados e comprovações são os ingredientes do pitch de Nathalia Arcuri

·1 min de leitura

Uma ideia só vira um negócio se tiver um plano e uma excelente execução: Nathalia Arcuri, do canal Me Poupe!, acredita que o pitch perfeito é aquele que mostra o tamanho do potencial da ideia. Ela acredita que há dinheiro disponível, mas que faltam bons executores de ideias.

"Quanto mais dados você puder trazer e comprovar que a visão que você tem se sustenta na prática, aí não tem pra ninguém", defende a influencer de educação financeira.

Leia também:

Saber fazer escolhas inteligentes

Educação Financeira e Capacitação são os principais ingredientes para driblar a crise financeira. "Saber fazer escolhas inteligentes com os dois principais recursos escassos que você tem: o seu tempo e o seu dinheiro". A criadora do canal de finanças Me Poupe!, que conta com mais de 6,5 milhões de inscritos no Youtube, avalia que as pessoas estão abrindo mão de itens essenciais, e não há como cortar gastos. O ideal é procurar outros meios de ganhar dinheiro.

Para ela, a capacitação é o primeiro passo. "Existem 14 milhões de desempregados, mas com mais de 1,5 milhão de vagas que não conseguem ser preenchidas, pois falta capacitação, principalmente no mercado digital e de tecnologia", explica.

A influencer também criticou o Auxílio Brasil, programa de transferência de renda criado pelo governo em novembro. "Ninguém sobrevive com R$ 400. A pessoa come mas não mora; come mas não se diverte; como mas não vive".

"Entender que o que vai mudar a vida das pessoas de forma concreta e sustentável é a educação. Quanto mais capacitadas elas estiverem, aí sim falamos sobre um ciclo virtuoso de uma sociedade menos desigual", completa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos