Mercado abrirá em 5 h 3 min
  • BOVESPA

    109.951,49
    +2.121,77 (+1,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.125,01
    -210,50 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,54
    +0,07 (+0,09%)
     
  • OURO

    1.878,50
    +1,10 (+0,06%)
     
  • BTC-USD

    22.702,85
    -497,58 (-2,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    522,94
    -13,96 (-2,60%)
     
  • S&P500

    4.117,86
    -46,14 (-1,11%)
     
  • DOW JONES

    33.949,01
    -207,68 (-0,61%)
     
  • FTSE

    7.885,17
    +20,46 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    21.580,23
    +296,71 (+1,39%)
     
  • NIKKEI

    27.584,35
    -22,11 (-0,08%)
     
  • NASDAQ

    12.603,25
    +58,00 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5799
    +0,0125 (+0,22%)
     

Dólar termina o dia em queda e bolsa registra alta

Logo Agência Brasil
Logo Agência Brasil

O dólar fechou o dia de hoje (28) em queda de 0,63%, a R$ 5,25 na venda. Em um dia de baixa liquidez no mercado, como é comum no fim do ano, o movimento do dólar acompanhou o exterior e também dados do emprego doméstico, com Brasil abrindo 135.495 vagas formais em novembro, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

No mercado internacional, os investidores assistem com apreensão aos efeitos da abrupta abertura da política sanitária chinesa. Os riscos à economia causados pela covid-19 no gigante asiático se contrapõem ao otimismo com as perspectivas de crescimento da economia do país.

Notícias relacionadas:

Já a bolsa de valores de São Paulo, a B3, terminou o penúltimo pregão do ano em alta. O principal índice, Ibovespa, recuperou o patamar dos 110 mil pontos perdidos no começo do mês.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 1,68%, a 110.399,53 pontos, segundo dados preliminares. O volume financeiro somava R$ 17 bilhões.

 

*Com informações da Reuters