Mercado abrirá em 9 hs
  • BOVESPA

    121.632,92
    -168,08 (-0,14%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.134,93
    -60,47 (-0,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,18
    +0,09 (+0,13%)
     
  • OURO

    1.803,30
    -5,60 (-0,31%)
     
  • BTC-USD

    40.242,68
    +799,02 (+2,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    991,52
    +15,63 (+1,60%)
     
  • S&P500

    4.429,10
    +26,44 (+0,60%)
     
  • DOW JONES

    35.064,25
    +271,55 (+0,78%)
     
  • FTSE

    7.120,43
    -3,43 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    26.191,15
    -13,54 (-0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.821,36
    +93,26 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.164,00
    -3,75 (-0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2057
    -0,0025 (-0,04%)
     

Dólar tem pequena alta e fecha a R$ 5,25 após intervenção do BC

·1 minuto de leitura

Em mais um dia tenso no mercado financeiro, o dólar chegou a ultrapassar R$ 5,30 e só desacelerou após o Banco Central (BC) intervir no mercado. A bolsa de valores caiu 1,25% e acumula perda na semana.

O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (8) vendido a R$ 5,255, com alta de 0,29%. Na máxima do dia, por volta das 11h30, a cotação chegou a R$ 5,31, mas o BC entrou no mercado, vendendo US$ 500 milhões de contratos de swap cambial (equivalente à venda de dólares no mercado futuro), segurando a alta pelo resto do dia.

Essa foi a oitava sessão seguida de alta da moeda norte-americana, que acumula alta de 5,67% em julho e de 1,29% em 2021. A divisa está no maior nível desde 27 de maio, quando também fechou a R$ 5,255.

O mercado de ações não sustentou a recuperação de ontem (7) e teve hoje um novo dia de perdas. O índice Ibovespa, da B3 [bolsa de valores], fechou o dia aos 125.428 pontos, com recuo de 1,25%. O indicador acumula queda de 1,72% na semana e de 1,08% em julho. Em 2021, o índice ainda está em alta: 5,39%.

Nos últimos dias, o mercado doméstico e externo tem enfrentado turbulências. No cenário internacional, o avanço da variante delta do novo coronavírus tem provocado volatilidade por causa do aumento de casos de covid-19 em países com a vacinação avançada.

No plano interno, as tensões políticas e as discussões em torno da reforma tributária, que muda a tributação de vários investimentos e reintroduz o Imposto de Renda sobre dividendos, têm interferido nas negociações.

* Com informações da agência Reuters

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos