Mercado fechará em 4 h 25 min
  • BOVESPA

    109.476,24
    +362,09 (+0,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.276,35
    +467,79 (+1,04%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,86
    +2,15 (+2,80%)
     
  • OURO

    1.640,10
    +6,70 (+0,41%)
     
  • BTC-USD

    20.138,34
    +1.084,71 (+5,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    460,06
    +0,93 (+0,20%)
     
  • S&P500

    3.668,71
    +13,67 (+0,37%)
     
  • DOW JONES

    29.314,90
    +54,09 (+0,18%)
     
  • FTSE

    7.024,25
    +3,30 (+0,05%)
     
  • HANG SENG

    17.860,31
    +5,17 (+0,03%)
     
  • NIKKEI

    26.571,87
    +140,32 (+0,53%)
     
  • NASDAQ

    11.409,75
    +93,50 (+0,83%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1437
    -0,0357 (-0,69%)
     

Dólar tem forte vaivém, mas opera abaixo de nível pré-Fed

Notas de dólares

(Reuters) -O dólar mostrou forte volatilidade logo após o anúncio da decisão de juros pelo banco central dos Estados Unidos e chegou a renovar a máxima intradiária acima de 5,19 reais, apenas para depois perder força e operar abaixo dos níveis pré-Fed.

Às 16:28 (de Brasília), o dólar à vista avançava 0,22%, a 5,1650 reais na venda. Pouco antes das 15h, a moeda estava em 5,1718 reais, alta de 0,35%. No pico, foi a 5,195 reais, ganho de 0,80%.

Na B3, o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 0,34%, a 5,1755 reais.

O Federal Reserve elevou sua taxa básica de juros em 0,75 ponto percentual, para um intervalo de 3,00% a 3,25%, nesta quarta-feira e sinalizou mais aumentos grandes em novas projeções que mostram a taxa básica de juros subindo para 4,40% até o final deste ano, antes de atingir 4,60% em 2023 para combater a inflação elevada. [L1N30S200]

Lá fora, o índice do dólar disparou a uma nova máxima em 20 anos, mas deixou esses picos, embora ainda opere com bastante volatilidade.

O índice do dólar --que mede o desempenho da moeda norte-americana frente a uma cesta de seis divisas-- subia 0,85%, a 111,110.

(Por José de Castro)