Mercado abrirá em 1 h 29 min

Dólar segue exterior e cai ante real com expectativa de mais estímulos nos EUA

Por José de Castro
·1 minuto de leitura

Por José de Castro

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar operava em firme queda ante o real nesta sexta-feira, revertendo alta de mais cedo conforme as operações locais seguiam o movimento para baixo na moeda no exterior, em meio a expectativas de mais estímulos nos Estados Unidos.

O dólar passou a perder força por volta de 13h20, logo após chegar ao mercado notícia de que a Apple voltará a fechar algumas lojas nos Estados norte-americanos de Flórida, Arizona, Carolina do Sul e Carolina do Norte por causa do aumento no número de novos casos de coronavírus, conforme informou a Bloomberg News.

A notícia reforça temores sobre efeitos econômicos de uma segunda onda de Covid-19 nos EUA e dá respaldo a falas de membros do Fed de que provavelmente serão necessários mais estímulos para ajudar na recuperação da economia norte-americana.

Às 14:19, o dólar recuava 0,76%, a 5,3307 reais na venda. Na mínima, a cotação foi a 5,3114 reais (queda de 1,12%) depois de na máxima alcançar 5,3830 reais (alta de 0,21%).

Na B3, o dólar futuro recuava 0,92%, a 5,3345 reais.

O dólar passou a cair ou acelerou a queda frente a várias divisas emergentes, como peso mexicano, rand sul-africano e lira turca.