Mercado fechado
  • BOVESPA

    116.464,06
    -916,43 (-0,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.053,56
    -72,95 (-0,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,80
    +0,19 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.849,00
    -1,90 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    32.285,17
    -146,09 (-0,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    648,52
    +1,19 (+0,18%)
     
  • S&P500

    3.849,62
    -5,74 (-0,15%)
     
  • DOW JONES

    30.937,04
    -22,96 (-0,07%)
     
  • FTSE

    6.654,01
    +15,16 (+0,23%)
     
  • HANG SENG

    29.391,26
    -767,75 (-2,55%)
     
  • NIKKEI

    28.725,28
    +179,10 (+0,63%)
     
  • NASDAQ

    13.554,75
    +69,25 (+0,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5159
    +0,0051 (+0,08%)
     

Dólar salta 4,3% em 1ª semana do novo ano com exterior e carência de fluxos

José de Castro
·1 minuto de leitura
Notas de 1 dólar

Por José de Castro

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em alta nesta sexta-feira, completando a semana de mais forte valorização em quase sete meses e com o real consolidando o pior início de ano em pelo menos 18 anos, com investidores repercutindo a força da moeda norte-americana no exterior e a falta de ingressos de recursos ao país.

O dólar à vista fechou em alta de 0,31%, a 5,4168 reais na venda, depois de oscilar entre 5,4417 reais (+0,77%) e 5,3225 reais (-1,43%).

Na semana, a moeda saltou 4,34%, maior valorização para o período desde a semana finda em 19 de junho do ano passado (+5,41%).

Considerando os cinco pregões iniciais de novo ano, o real teve o pior desempenho desde pelo menos 2003, iniciando de forma negativa um mês que, sazonalmente, é de entrada de capital ao país e de queda do dólar.