Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,50 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.683,55
    -126,66 (-0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    51,98
    -1,15 (-2,16%)
     
  • OURO

    1.855,50
    -10,40 (-0,56%)
     
  • BTC-USD

    31.797,47
    0,00 (0,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    651,44
    +41,45 (+6,79%)
     
  • S&P500

    3.841,47
    -11,60 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    30.996,98
    -179,03 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.695,07
    -20,35 (-0,30%)
     
  • HANG SENG

    29.447,85
    -479,91 (-1,60%)
     
  • NIKKEI

    28.631,45
    -125,41 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    13.355,25
    -40,25 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6542
    +0,1458 (+2,24%)
     

Dólar reduz alta após leilão de swap cambial; mercado aguarda ata do Fed

José de Castro
·1 minuto de leitura

Por José de Castro

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar reduziu o ímpeto e operava em alta apenas moderada nesta quarta-feira, após o Banco Central injetar 500 milhões de dólares no mercado via swaps cambiais, operação anunciada em meio a uma forte pressão no câmbio que colocou o real na lanterna entre as principais moedas.

Às 15h17, o dólar à vista subia 0,17%, a 5,2732 na venda, bem abaixo dos cerca de 5,34 reais em que estava pouco antes do anúncio, às 14h26, do leilão extraordinário de swap.

Na máxima, alcançada pouco depois das 11h30, a cotação chegou a 5,3603 reais, alta de 1,82%. Mas, mantendo o padrão recente de amplas oscilações, a divisa já havia caído mais cedo, marcando 5,233 reais no começo do pregão, queda de 0,60%.

O dólar também perdia fôlego no exterior, o que respaldava o movimento mais brando no câmbio no Brasil.

Investidores aguardam a divulgação da ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos), prevista para 16h (de Brasília). As eleições no Estado norte-americano da Geórgia e o noticiário fiscal no Brasil também seguiam no radar.