Mercado fechado

Dólar opera na casa de R$ 4,18 com resultado do IPCA-15 no radar

Victor Rezende

Moeda americana já foi negociada, no entanto, no nível de R$ 4,17 O dólar comercial opera em baixa nesta sexta-feira, dando prosseguimento ao recuo observado no dia anterior. Os investidores consideram o resultado do IPCA-15 de novembro abaixo do esperado, que reforça o ambiente ainda contido de aumento nos preços. Às 10h35, a moeda americana cedia 0,14%, cotada a R$ 4,1875; na mínima, marcou R$ 4,1765.

Stephen Bayer/Pixabay

De acordo com o IBGE, o IPCA-15 de novembro subiu 0,14%, o que mostra uma aceleração em relação a outubro (+0,09%), mas ficou abaixo do esperado pelo mercado (+0,17%). “No geral, a inflação permanece sob controle, refletindo a demanda doméstica ainda modesta e as condições financeiras favoráveis”, diz Andres Abadia, economista sênior da Pantheon Macroeconomics.

Para Abadia, as expectativas de inflação ainda são moderadas e as forças inerciais, limitadas, enquanto o risco de repasse da depreciação do real para os preços permanece contido. Assim, de acordo com a Pantheon, o cenário de inflação deve permitir que os dirigentes do Banco Central reduzam os juros em dezembro, como esperado, enquanto uma flexibilização adicional no primeiro trimestre de 2020 “dependerá do desempenho do real e dos movimentos nas expectativas de inflação”.