Mercado abrirá em 6 h 2 min
  • BOVESPA

    128.427,98
    -339,48 (-0,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.170,78
    +40,90 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,39
    +0,31 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.777,00
    -6,40 (-0,36%)
     
  • BTC-USD

    33.075,21
    -762,27 (-2,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    798,12
    -12,07 (-1,49%)
     
  • S&P500

    4.241,84
    -4,60 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    33.874,24
    -71,34 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.074,06
    -15,95 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    28.879,06
    +61,99 (+0,22%)
     
  • NIKKEI

    28.875,23
    +0,34 (+0,00%)
     
  • NASDAQ

    14.297,50
    +34,50 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9329
    +0,0044 (+0,07%)
     

Dólar fecha perto da estabilidade ante real com cenário benigno no Brasil e no exterior

·3 minuto de leitura
Notas de reais e dólares retratadas em casa de câmbio no Rio de Janeiro

Por Luana Maria Benedito

SÃO PAULO (Reuters) -O dólar fechou perto da estabilidade em relação à moeda brasileira nesta segunda-feira, mantendo-se próximo da marca de 5 reais em meio à melhor percepção dos investidores sobre os cenários doméstico e internacional, enquanto as expectativas giravam em torno das próximas reuniões de política monetária do Banco Central do Brasil e do Federal Reserve.

A moeda norte-americana à vista teve variação positiva de 0,03%, a 5,0380 reais na venda. Na B3, o dólar futuro era negociado em queda de 0,28%, a 5,048 reais.

O dólar spot quebrou uma sequência de três pregões consecutivos de queda, depois de fechar a sexta-feira em 5,037 reais na venda, seu menor patamar desde 10 de junho de 2020.

Mesmo assim, a divisa continua próxima de suas mínimas recentes contra o real e já acumula perda de quase 3% no acumulado do ano. Para Thomas Giuberti, da Golden Investimentos, isso é reflexo de um cenário doméstico mais promissor, já que "os riscos vêm se normalizando de forma considerável".

"Temos a inflexão para um ambiente mais promissor, com crescimento econômico forte, e o cenário mais benigno reflete nos ativos, que têm muito espaço para subir."

Na semana passada, o IBGE informou que a economia do Brasil registrou crescimento no primeiro trimestre de 2021 e retornou ao patamar pré-pandemia, dando sequência à recuperação dos danos causados pela pandemia da Covid-19.

Além da melhor percepção dos investidores sobre o cenário doméstico, há um ambiente de fraqueza internacional da moeda norte-americana, disse Giuberti, com o índice do dólar contra uma cesta de moedas sendo negociado abaixo da marca de 90.

Ele chamou a atenção também para a "calmaria" no mercado de Treasuries e um grande espaço para a recuperação de ativos de países emergentes não asiáticos em relação a seus pares mais amplos, bem como expectativas de manutenção de juros nos Estados Unidos.

Na semana que vem, o Federal Reserve anunciará sua decisão sobre a política monetária. Antes da reunião de 15 a 16 de junho do banco central norte-americano, as expectativas dos mercados internacionais giram em torno de dados desta semana, como a leitura sobre os preços aos consumidores norte-americanos de quinta-feira, depois que um relatório de emprego recente dos EUA aliviou temores de que a maior economia do mundo está acelerando a um ritmo que poderia alimentar a inflação.

A economia norte-americana criou apenas 266 mil vagas de trabalho em abril, depois de abrir 770 mil postos em março, disse o Departamento de Trabalho dos EUA na última sexta-feira.

O Banco Central do Brasil também se reúne na semana que vem. Em seu último encontro, o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC decidiu por uma segunda alta consecutiva de 0,75 ponto percentual da Selic, para 3,5%, e sinalizou a intenção de fazer um terceiro aperto da mesma magnitude na reunião de 15 e 16 de junho.

Segundo especialistas, o ciclo de aperto monetário no ambiente doméstico tende a ser positivo para o real, uma vez que torna investimentos locais atrelados aos juros básicos mais atraentes para o investidor estrangeiro.

(Edição de Isabel Versiani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos