Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    56.881,07
    -5.362,75 (-8,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6943
    -0,0268 (-0,40%)
     

Dólar fecha em queda de 2,39%, a R$5,6542 na venda

·1 minuto de leitura
Notas de reais e dólares

SÃO PAULO (Reuters) - A quarta-feira foi de queda do dólar no mundo, e no Brasil desta vez não foi diferente. A moeda norte-americana caiu mais de 2%, na maior baixa em seis semanas, e voltou ao patamar de 5,65 reais, numa sessão em que operadores analisaram duas intervenções do Banco Central, o discurso do ex-presidente Lula, esperanças de manutenção do texto da PEC Emergencial e a aprovação final nos EUA de um pacote trilionário de estímulos.

O dólar à vista caiu 2,39%, a 5,6542 reais na venda, depois de oscilar entre 5,6452 reais (-2,55%) e 5,8152 reais (+0,39%).

É a maior baixa percentual diária desde 26 de janeiro (-2,82%).

A cotação tocou as máximas ainda no começo do pregão e foi perdendo força ao longo de todo o restante do dia, indo às mínimas já perto de 17h.

(Por José de Castro)