Mercado abrirá em 5 h 23 min
  • BOVESPA

    120.705,91
    +995,88 (+0,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.829,31
    +80,90 (+0,17%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,83
    +0,01 (+0,02%)
     
  • OURO

    1.832,70
    +8,70 (+0,48%)
     
  • BTC-USD

    50.173,21
    -749,54 (-1,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.380,48
    -7,42 (-0,53%)
     
  • S&P500

    4.112,50
    +49,46 (+1,22%)
     
  • DOW JONES

    34.021,45
    +433,79 (+1,29%)
     
  • FTSE

    7.014,22
    +50,89 (+0,73%)
     
  • HANG SENG

    28.023,77
    +305,10 (+1,10%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.181,75
    +81,50 (+0,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4254
    +0,0129 (+0,20%)
     

Dólar fecha em queda de 1,86%, a R$5,3611

·1 minuto de leitura
Notas de reais e dólares

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em forte baixa nesta quarta-feira, descendo à casa de 5,36 reais e rompendo dois importantes suportes técnicos, com a moeda brasileira no topo dos mercados de câmbio numa sessão marcada por sinalizações sobre a política monetária nos Estados Unidos, ingressos de recursos e movimentações em torno da formação da Ptax de fim de mês.

O dólar à vista caiu 1,86%, a 5,3611 reais na venda.

É o menor patamar de encerramento desde 2 de fevereiro (5,3562 reais). Com a queda desta quarta, o dólar deixou para trás suas médias móveis de 100 e 200 dias, movimento que, se consolidado, pode retroalimentar novas baixas.

O real teve o melhor desempenho global nesta sessão, seguido de perto pelo sol peruano (+1,8%), que vem de fortes perdas recentes.

O dólar no Brasil cai em nove das últimas 11 sessões, período em que recuou 6,37%. Desde o pico de 9 de março (5,7927 reais), a moeda perde 7,45%.

Em abril, a cotação desvaloriza 4,78%, a caminho da maior baixa para o mês desde 2015 (-5,57%).

(Por José de Castro)