Mercado abrirá em 5 h 29 min
  • BOVESPA

    122.515,74
    +714,95 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.869,48
    +1,16 (+0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,09
    -0,17 (-0,24%)
     
  • OURO

    1.813,00
    -9,20 (-0,50%)
     
  • BTC-USD

    38.606,08
    -1.617,82 (-4,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    936,96
    -23,93 (-2,49%)
     
  • S&P500

    4.387,16
    -8,10 (-0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.838,16
    -97,31 (-0,28%)
     
  • FTSE

    7.088,08
    +6,36 (+0,09%)
     
  • HANG SENG

    26.147,01
    -88,79 (-0,34%)
     
  • NIKKEI

    27.641,83
    -139,19 (-0,50%)
     
  • NASDAQ

    14.985,50
    +32,75 (+0,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1192
    -0,0249 (-0,41%)
     

Dólar fecha em queda de 1,16%, a R$4,9062

·1 minuto de leitura
Dólar recua ante o real

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar emendou a quarta baixa consecutiva nesta quinta-feira, ameaçando agora o suporte psicológico de 4,90 reais e fechando no menor patamar em mais de um ano, com operadores repercutindo as sinalizações de juros mais altos emitidas pelo Banco Central e o ambiente externo positivo que empurrou Wall Street a novos recordes.

O dólar à vista caiu 1,16%, a 4,9062 reais na venda. É o menor patamar desde 9 de junho de 2020 (4,8885 reais).

A moeda oscilou entre 4,9697 reais (+0,12%) e 4,9023 reais (-1,24%) nesta sessão.

Na semana, o dólar recua 3,26%, aprofundando a queda em junho para 6,11%.

Em 2021, a cotação cede 5,50%, o que faz do real a divisa de melhor desempenho entre as principais. Trata-se de uma impressionante reviravolta, já que a moeda brasileira passou boa parte deste ano na lanterna mundial e chegou a acumular depreciação de 10,38% em 9 de março, quando o dólar bateu 5,7927 reais.

(Por José de Castro)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos