Mercado abrirá em 4 h 2 min
  • BOVESPA

    122.937,87
    +1.057,05 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.371,98
    +152,72 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,71
    +0,44 (+0,66%)
     
  • OURO

    1.869,90
    +2,30 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    45.138,89
    -212,42 (-0,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.256,35
    +58,44 (+4,88%)
     
  • S&P500

    4.163,29
    -10,56 (-0,25%)
     
  • DOW JONES

    34.327,79
    -54,34 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.062,02
    +29,17 (+0,41%)
     
  • HANG SENG

    28.593,81
    +399,72 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    28.406,84
    +582,01 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    13.407,25
    +103,75 (+0,78%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4277
    +0,0178 (+0,28%)
     

Dólar fecha em queda de 1,67%, a R$5,4558

José de Castro
·1 minuto de leitura
Dólar fecha em queda de 1,67%, a R$5,4558

Por José de Castro

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar sofreu nesta quinta-feira a maior queda desde o fim de março, fechando no menor patamar em dois meses, na casa de 5,45 reais, com fortes vendas de moeda decorrentes de uma combinação entre ajuste pós-feriado, fluxo positivo e desmonte de posições em meio à percepção de algum alívio do lado fiscal.

O dólar à vista caiu 1,67%, a 5,4558 reais na venda. É a maior baixa percentual diária desde 31 de março (-2,23%) e o menor nível desde 24 de fevereiro (5,4219 reais).

Ao longo do pregão, a divisa variou entre 5,5611 reais (+0,23%) e 5,4453 reais (-1,86%).

Na B3, o dólar futuro recuava 2,00%, a 5,4585 reais, às 17h02.