Mercado fechará em 48 mins
  • BOVESPA

    125.831,79
    +779,01 (+0,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.967,40
    +698,95 (+1,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,16
    +0,09 (+0,12%)
     
  • OURO

    1.796,80
    -5,00 (-0,28%)
     
  • BTC-USD

    40.151,33
    +5.895,64 (+17,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    952,11
    +36,62 (+4,00%)
     
  • S&P500

    4.419,55
    +7,76 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    35.126,26
    +64,71 (+0,18%)
     
  • FTSE

    7.025,43
    -2,15 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    26.192,32
    -1.129,66 (-4,13%)
     
  • NIKKEI

    27.833,29
    +285,29 (+1,04%)
     
  • NASDAQ

    15.117,00
    +19,00 (+0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1135
    -0,0081 (-0,13%)
     

Dólar fecha em queda de 0,35%, a R$5,2308

·1 minuto de leitura
Notas de dólares e reais retratadas em uma casa de câmbio do Rio de Janeiro

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em baixa nesta terça-feira, numa sessão de bastante volatilidade ao fim da qual a moeda acabou devolvendo apenas uma fração da expressiva alta da véspera, quando os mercados globais foram nocauteados por renovados temores sobre a pandemia.

O dólar à vista caiu 0,35%, a 5,2308 reais na venda.

A cotação iniciou o dia em queda, passou a subir ainda na primeira hora de negócios e bateu um pico de 5,2953 reais (+0,87%) logo depois das 10h30. Posteriormente, começou a perder força, chegou a cair por volta de 11h15 antes de voltar a ganhar terreno.

No fim da manhã, porém, as vendas apareceram com força e derrubaram o dólar à mínima intradiária de 5,203 reais (-0,88%). Ao longo da tarde, a moeda manteve-se em baixa, mas ganhou um pouco de fôlego já perto do fim da sessão e, assim, acabou fechando distante das mínimas do dia.

De toda forma, o real teve um dos melhores desempenhos globais nesta sessão, depois de na véspera ocupar a lanterna entre as principais divisas.

Na segunda-feira, o dólar saltou 2,59%, a 5,2494 reais na venda, maior patamar desde 8 de julho deste ano e maior valorização percentual desde 18 de setembro de 2020.

(Por José de Castro)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos