Mercado abrirá em 1 h 12 min
  • BOVESPA

    121.801,21
    -1.775,35 (-1,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.195,43
    -438,48 (-0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,41
    +0,26 (+0,38%)
     
  • OURO

    1.817,10
    +2,60 (+0,14%)
     
  • BTC-USD

    38.020,16
    -100,52 (-0,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    941,95
    +15,19 (+1,64%)
     
  • S&P500

    4.402,66
    -20,49 (-0,46%)
     
  • DOW JONES

    34.792,67
    -323,73 (-0,92%)
     
  • FTSE

    7.109,38
    -14,48 (-0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.204,69
    -221,86 (-0,84%)
     
  • NIKKEI

    27.728,12
    +144,04 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    15.113,00
    +39,50 (+0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1211
    +0,0028 (+0,05%)
     

Dólar fecha em alta de 0,72%, a R$5,0885

Notas de dólar e real

Por José de Castro

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar engatou a quinta alta seguida e fechou esta segunda-feira no maior patamar em mais de três semanas, com o mercado de câmbio sob pressão de crescentes ruídos políticos em Brasília e começando uma semana de cautela em relação à política monetária dos Estados Unidos.

O dólar à vista subiu 0,72%, a 5,0885 reais na venda, máxima desde 11 de junho (5,1207 reais). A moeda oscilou entre 5,0939 reais (+0,82%) e 5,0483 reais (-0,08%).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos