Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.454,25
    +34,72 (+0,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.685,11
    -521,48 (-1,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,27
    -2,38 (-2,81%)
     
  • OURO

    1.797,00
    +3,60 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    58.527,09
    -3.598,02 (-5,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.403,42
    -70,91 (-4,81%)
     
  • S&P500

    4.565,29
    -9,50 (-0,21%)
     
  • DOW JONES

    35.568,54
    -188,34 (-0,53%)
     
  • FTSE

    7.253,27
    -24,35 (-0,33%)
     
  • HANG SENG

    25.628,74
    -409,53 (-1,57%)
     
  • NIKKEI

    29.098,24
    -7,77 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.637,00
    +92,00 (+0,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4631
    +0,0090 (+0,14%)
     

Dólar fecha em alta de 0,12%, a R$5,3094

·1 minuto de leitura
Placa com a palavra dólar e a bandeira dos EUA fixada em casa de câmbio na Cidade do México

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em leve alta contra o real nesta quinta-feira, com notícias fiscais domésticas pesando sobre o sentimento e retirando a moeda da queda de quase 0,9% de mais cedo, quando reagiu ao ambiente externo mais positivo e a sinalizações do Banco Central.

O dólar à vista subiu 0,12%, a 5,3094 reais.

Na máxima, alcançada na última hora de negócios, a cotação foi a 5,3123 reais (+0,17%). Na mínima, tocada logo no início da sessão, houve queda de 0,88%, a 5,2566 reais.

No exterior, o índice do dólar caía 0,43%, maior queda em um mês, conforme investidores deixavam a moeda de lado na esteira de um forte movimento de apetite por risco que provocou um rali nos mercados de ações, de petróleo e nos rendimentos de títulos.

(Por José de Castro)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos