Mercado fechado

Dólar encerra em queda de 0,21%, cotado em R$ 4,16

Giovanna Almeida
Dólar encerra em queda de 0,21%, cotado em R$ 4,16

O dólar encerrou, nesta quinta-feira (23), em queda de -0,213%, negociado a R$ 4,1668 na venda.

Durante o dia, a cotação máxima do dólar foi de R$ 4,1905, por volta das 9h10. A mínima foi de R$ 4,1604, às 10h49. Confira quais foram as principais notícias que movimentaram o mercado nesta quinta-feira:

  • Confiança do empresário é a maior desde junho de 2010, aponta CNI;
  • Bolsonaro informa adesão do Brasil ao Acordo de Compras Públicas da OMC;
  • Reforma tributária é aguardada por estrangeiros, diz Paulo Guedes.

Confiança do empresário no Brasil

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) subiu 1 ponto em janeiro, na comparação com dezembro, para 65,3 pontos. O indicador está 10,5 pontos acima da média histórica e é o maior desde junho de 2010, conforme os dados divulgados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Saiba mais: Confiança do empresário é a maior desde junho de 2010, aponta CNI

O ICEI é maior nas grandes empresas, segmento em que subiu para 66,4 pontos neste mês, Nas médias, o índice de confiança do empresário é de 64,9 pontos e, nas pequenas, de 63,4 pontos.

Os indicadores variam de 0 a 100 pontos, acima de 50, mostram que os empresários estão confiantes. Quanto maior o índice maior e mais disseminada é a confiança.

Acordo da OMC

O presidente Jair Bolsonaro informou nesta quinta-feira, por meio de sua conta pessoal do Twitter, que autorizou o início da adesão do Brasil ao Acordo de Compras Públicas da Organização Mundial do Comércio (OMC).

“Em respeito ao dinheiro do pagador de imposto, buscaremos licitações mais transparentes e com ampla concorrência internacional, abrindo ainda um mercado de USD 1,7 trilhão/ano para empresas brasileiras”, escreveu o mandatário.


Paulo Guedes fala sobre reforma tributária

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que os empresários estrangeiros estão aguardando a reforma tributária para investir mais no Brasil. A declaração ocorreu durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

Saiba mais: Reforma tributária é aguardada por estrangeiros, diz Guedes

Guedes informou que enviará algumas propostas nas próximas semanas para as PECs sobre a reforma tributária que já estão tramitando no Congresso. A medida atenderá um pedido do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Além disso, o ministro voltou a afirmar que a previsão do governo é de que a reforma seja aprovada ainda neste ano.

Última cotação do dólar

Na última sessão, quarta-feira (22), o dólar encerrou em queda de 0,72% cotado a R$ 4,1757.