Mercado abrirá em 6 h 49 min
  • BOVESPA

    120.636,39
    -605,61 (-0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.495,41
    -962,59 (-2,07%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,35
    +0,37 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.849,40
    +9,20 (+0,50%)
     
  • BTC-USD

    35.371,51
    -522,74 (-1,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    701,93
    -13,27 (-1,86%)
     
  • S&P500

    3.798,91
    +30,66 (+0,81%)
     
  • DOW JONES

    30.930,52
    +116,22 (+0,38%)
     
  • FTSE

    6.712,95
    -7,70 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    29.718,86
    +76,58 (+0,26%)
     
  • NIKKEI

    28.481,04
    -152,46 (-0,53%)
     
  • NASDAQ

    13.031,00
    +45,50 (+0,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5060
    +0,0074 (+0,11%)
     

Dólar e juros futuros avançam em linha com exterior

Victor Rezende

Investidores estão atentos ao desenrolar das negociações comerciais entre EUA e China bem como à cena política brasileira Em linha com a aversão a risco observada nos mercados internacionais, o dólar e os juros futuros operam em alta na manhã desta sexta-feira, dando prosseguimento ao movimento visto nos dois últimos pregões. A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de derrubar a legalidade da prisão após condenação em segunda instância é avaliada pelo mercado. Essa decisão abre caminho para solar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outros presos pela Lava-Jato. Kiyoshi Ota/Bloomberg No exterior, apesar de a China ter indicado que americanos e chineses concordaram mutuamente em reduzir tarifas como parte da “fase um” do acordo comercial, nem a Casa Branca nem o representante comercial dos EUA emitiram uma resposta pública ao comunicado. Às 9h45, a moeda americana era negociada a R$ 4,1272, alta de 0,88% no segmento à vista, enquanto a taxa do DI para janeiro de 2021 subia de 4,54% no ajuste de ontem para 4,55%; a do DI para janeiro de 2023 avançava de 5,62% para 5,68% e a do DI para janeiro de 2025 passava de 6,21% para 6,27%.