Mercado abrirá em 47 mins
  • BOVESPA

    128.767,45
    -497,51 (-0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.129,88
    -185,81 (-0,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,41
    +0,56 (+0,77%)
     
  • OURO

    1.784,20
    +6,80 (+0,38%)
     
  • BTC-USD

    34.016,28
    +2.401,55 (+7,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    813,96
    +19,63 (+2,47%)
     
  • S&P500

    4.246,44
    +21,65 (+0,51%)
     
  • DOW JONES

    33.945,58
    +68,61 (+0,20%)
     
  • FTSE

    7.111,30
    +21,29 (+0,30%)
     
  • HANG SENG

    28.817,07
    +507,31 (+1,79%)
     
  • NIKKEI

    28.874,89
    -9,24 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.267,25
    +9,00 (+0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9154
    -0,0044 (-0,07%)
     

Dólar deve cair menos que o esperado nos próximos, mostra pesquisa

·2 minuto de leitura

De acordo com o Relatório de Mercado do Banco Central, o Boletim Focus, as previsões do câmbio para os próximos anos envolvem o dólar mais caro.

Embora para este ano a moeda siga com a projeção de dólar a R$ 5,30, caminhando para certa estabilidade – há uma semana, a cotação permanecia em R$ 5,30, estando a R$ 5,35 há quatro semanas – a projeção foi revisada para cima para os anos de 2023 e 2024.

De R$ 5,19 há uma semana, o dólar para 2023 foi reajustado para R$ 5,20. Já a cotação para final de 2024 foi reavaliada de R$ 5,05 para R$ 5,06. A mudança é pequena, mas vai na contramão do movimento recente do câmbio na mesma semana em que o BC consultou os cerca de 100 operadores do mercado que falaram à pesquisa.

Confiança

Vale lembrar que um dos motivos da queda do dólar está ligada à falta de confiança do mercado internacional na recuperação econômica do Brasil.

Embora o avanço da vacinação no território brasileiro esteja estimulando a melhora do cenário macroeconômico, nos próximos dias, o BC anunciará decisões sobre a política monetária, o que poderá modificar as expectativas do mercado.

Como em último encontro o BC aumentou a taxa da Selic, acredita-se que que um novo aumento esteja à vista na reunião prevista para os dias 15 e 16 de junho.

Há economistas que defendem que o preço do equilíbrio do dólar seja R$ 4,00. O atual Ministro da Economia, Paulo Guedes, contudo, já sinalizou, várias vezes, a possibilidade da moeda norte-americana chegar a R$ 3. Não é, porém, o que projetam os agentes econômicos ouvidos semanalmente pelo Banco Central.

Inflação

pix real
pix real

Ainda de acordo com o Boletim Focus, as projeções para a inflação são de 5,44% e o IGP-M, Índice Geral de Preços do Mercado, segue elevado, o que pode desencadear uma alta, sobretudo, nos contratos de locação de imóveis.

Na prática, para o consumidor, o índice alto afeta o seu poder de compra, pois o dado afeta preços que vão da tarifa de metrô à conta de luz.

Um baixo poder de compra, dentre outros pontos, é, inclusive, o que faz o real figurar com frequência no rol das piores moedas do mundo.

Vale lembrar que, nesta quarta-feira (9), serão divulgados os dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) referentes ao mês de maio.

O artigo Dólar deve cair menos que o esperado nos próximos, mostra pesquisa foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos