Mercado fechará em 5 h 53 min
  • BOVESPA

    110.140,64
    -1.932,91 (-1,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.874,91
    -1.144,00 (-2,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,00
    +0,12 (+0,16%)
     
  • OURO

    1.929,60
    -1,20 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    23.517,68
    -287,46 (-1,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    537,23
    -8,08 (-1,48%)
     
  • S&P500

    4.179,76
    +60,55 (+1,47%)
     
  • DOW JONES

    34.053,94
    -39,02 (-0,11%)
     
  • FTSE

    7.851,96
    +31,80 (+0,41%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.723,25
    -123,50 (-0,96%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5491
    +0,0594 (+1,08%)
     

Dólar começa 2023 em forte alta frente ao real com foco em discurso e novas medidas de Lula

Pessoa segura notas de dólar

Por Luana Maria Benedito

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar iniciava 2023 em alta frente ao real, em segunda-feira marcada por baixa liquidez na esteira das festas de fim de ano, enquanto investidores digeriam novas críticas ao teto de gastos e medidas para travar privatizações por parte do recém-empossado presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Por volta de 9h40 (de Brasília), o dólar à vista avançava 1,20%, a 5,3413 reais na venda. No pico do dia, a divisa norte-americana chegou a subir 1,62%, a 5,3633 reais na venda.

Na B3, às 9:47 (de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 1,01%, a 5,3750 reais.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva aprofundou seu discurso social ao assumir no domingo o comando do Palácio do Planalto pela terceira vez, voltando a criticar a regra do teto de gastos, que classificou de "estupidez", e prometendo revogá-la, ainda que tenha rejeitado fazer qualquer "gastança" e tenha prometido um governo responsável.

"O discurso de Lula ressaltou sua visão de um Estado indutor do crescimento, além de criticar o teto de gastos e a reforma trabalhista", avaliou a Guide Investimentos em nota a clientes. "Seu discurso remeteu aos seus governos anteriores, tanto nos acertos quanto nos erros."

Além disso, nesta segunda-feira, Lula determinou a ministros que adotem providências para revogar atos que dão andamento à privatização de uma série de estatais, como Petrobras, Pré-Sal Petróleo S.A. (PPSA) e Correios.

Os mercados já antecipavam medidas do tipo uma vez que Lula sempre deixou claro ser contra privatizações, mas a notícia serviu de lembrete dos entraves que as pautas liberais devem enfrentar ao longo dos próximos quatro anos de governo.

Também desagradou aos investidores a indicação por Lula do senador Jean Paul Prates (PT-RN) para comandar a Petrobras em seu governo, mesmo diante de dúvidas sobre sua elegibilidade ao cargo.

Segundo relatório da Genial Investimentos, a escolha "reforça que a política de preços (da Petrobras) deve ser alterada ao longo dos próximos meses".

A instituição avaliou ainda que "o início do novo governo é marcado pela desconfiança do setor privado", e que "as próximas semanas serão de suma importância para entender quais serão as diretrizes da política econômica do novo governo, sobretudo qual será a nova regra fiscal que substituirá o teto de gastos".

A saúde das contas públicas será o grande tema deste ano no mercado de câmbio, segundo analistas, que também chamam a atenção para riscos externos, uma vez que o Federal Reserve deve continuar elevando sua taxa de juros de forma a combater a inflação.

Na quinta-feira passada, última sessão de 2022, a moeda norte-americana spot teve alta de 0,43%, a 5,2779 reais na venda, acumulando queda de 5,3% no ano.