Dólar cai frente ao euro e ao franco suíço após Fed

O dólar caiu após o Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) ter anunciado a expansão do seu programa de compras de bônus e novos alvos para a inflação e o desemprego. O Comitê do Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) do Fed decidiu converter a chamada Operação Twist, que chega ao fim, em nova compra de ativos, aumentando a quantidade de dinheiro que a autoridade monetária vai colocar na economia dos EUA, estimada agora em US$ 85 bilhões mensais.

O BC dos EUA afirmou que a taxa de juros ficará perto de zero até que o desemprego caia para menos de 6,5% da força de trabalho. "Isso reafirma que as taxas ficarão baixas por um tempo longo nos EUA, o que sustentará o euro frente ao dólar", disse Fabian Eliasson, chefe de câmbio no Mizuho Corp., em Nova York.

O iene recuou tanto frente ao dólar quanto ao euro, em grande parte porque o Banco do Japão (BoJ, o banco central do país) está sob pressão contínua para expandir seu estímulo à economia através de mais compras de bônus.

No final da tarde, o euro estava a US$ 1,3073, ante US$ 1,3006 na terça-feira. O dólar estava a 83,27 ienes, de 82,51 ienes na véspera. Frente ao franco suíço, o dólar estava a 0,9262, de 0,9325 franco suíço na terça-feira. As informações são da Dow Jones.

Carregando...