Mercado abrirá em 16 mins
  • BOVESPA

    111.716,00
    -2.354,00 (-2,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.395,94
    -928,96 (-2,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,22
    -0,52 (-0,66%)
     
  • OURO

    1.647,40
    -8,20 (-0,50%)
     
  • BTC-USD

    18.932,98
    -152,41 (-0,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    434,07
    -10,47 (-2,35%)
     
  • S&P500

    3.693,23
    -64,76 (-1,72%)
     
  • DOW JONES

    29.590,41
    -486,29 (-1,62%)
     
  • FTSE

    6.979,72
    -38,88 (-0,55%)
     
  • HANG SENG

    17.855,14
    -78,13 (-0,44%)
     
  • NIKKEI

    26.431,55
    -722,28 (-2,66%)
     
  • NASDAQ

    11.315,00
    -61,75 (-0,54%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1439
    +0,0463 (+0,91%)
     

Dólar alcança valor recorde de 150 pesos no mercado informal em Cuba

O dólar dos Estado Unidos alcançou neste fim de semana a cotação de 150 pesos cubanos no mercado informal, a más alta desde a década de 1990, quando a ilha afundou em uma de suas primeiras crises econômicas após o colapso do bloco soviético.

"Pela primeira vez, desde a década de 90, o dólar alcança o valor de 150 pesos cubanos, segundo os valores de referência de nossa Taxa Representativa do Mercado Informal", indicou o meio independente El Toque, que publica todos os dias uma tabela de câmbio extraoficial.

Segundo o meio, a moeda americana e o euro alcançaram na sexta-feira os 150 pesos, enquanto o MLC, moeda virtual com a qual operam os cubanos nas lojas em divisa estrangeira, chegou a 149 pesos.

Na tentativa de captar divisas e frear a depreciação da moeda cubana, o Banco Central iniciou em agosto a compra e a venda de dólares e euros nas casas de câmbio estatais a uma paridade fixa de 120 pesos, a mesma cotação do mercado informal naquele momento.

"Agora, como antes, a taxa de câmbio é um reflexo da contração da atividade produtiva nacional, da escassez, dos desequilíbrios monetários e da desesperança", disse à AFP o economista cubano Pavel Vidal, acadêmico da Pontifícia Universidade Javeriana da Colômbia.

O valor do dólar disparou no mercado informal a partir de janeiro de 2021, quando o governo aplicou uma reforma financeira e fixou seu preço em 24 pesos por unidade.

Desde então, teve início um processo inflacionário que, segundo os números oficiais, alcançou 70% de aumento nos preços no fim de 2021.

"É compreensível o desespero do governo cubano para obter divisas para poder pagar pelas importações e apoiar a retomada da atividade produtiva. No entanto, o mercado de câmbio não é o caminho", opina Vidal.

A taxa fixa em 120 pesos, como está sendo mantida, "não vai funcionar em uma economia que continua sofrendo uma crise na balança de pagamentos e que tem sua recuperação comprometida devido aos problemas no sistema de geração de energia".

O especialista acrescentou que o caminho é "transitar logo para um regime de flutuação administrada da taxa de câmbio".

Cuba atravessa sua pior crise desde a década de 1990, com escassez de alimentos, remédios e apagões constantes.

cb/lp/gm/mr/rpr