Mercado fechará em 2 h 27 min
  • BOVESPA

    109.846,17
    -294,47 (-0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.028,06
    +153,15 (+0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,93
    +0,05 (+0,07%)
     
  • OURO

    1.881,40
    -49,40 (-2,56%)
     
  • BTC-USD

    23.666,33
    -194,29 (-0,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    541,11
    +4,25 (+0,79%)
     
  • S&P500

    4.179,98
    +0,22 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    34.159,55
    +105,61 (+0,31%)
     
  • FTSE

    7.897,65
    +77,49 (+0,99%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.835,00
    -11,75 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5535
    +0,0638 (+1,16%)
     

Dólar abre estável com investidores atentos a clima político

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 06.12.2017 - Cédulas de dólar. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 06.12.2017 - Cédulas de dólar. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O dólar tinha pouca alteração frente ao real nos primeiros negócios desta quarta-feira (11), com investidores ainda monitorando o clima político em Brasília na esteira de ataques aos Três Poderes no fim de semana, enquanto, no exterior, o foco estava em dados de inflação norte-americanos que serão divulgados na quinta.

Às 9h13 (horário de Brasília), o dólar à vista avançava 0,06%, a R$ 5,2050 na venda.

Nesta terça-feira (10), o dólar fechou em queda e a Bolsa em alta, após o mercado avaliar como positivas as reações de líderes políticos e autoridades aos atos golpistas praticados em Brasília no último domingo (8).

O desempenho dos indicadores resistiu até mesmo aos efeitos dos dados de inflação acima do esperado em dezembro 2022, divulgados nesta terça pelo IBGE.

O dólar comercial à vista fechou em baixa de 1,04%, a R$ 5,2020. O Ibovespa encerrou o dia com avanço de 1,55%, a 110.816 pontos. Assim, a Bolsa passa a acumular alta em 2023, de quase 1%.

Nos juros, somente os contratos com vencimentos mais curtos tiveram leve alta. A taxa para 2024 subiu de 13,58% do fechamento desta segunda-feira (9) para 13,60%. A taxa para 2025 caiu de 12,78% para 12,69%. Para 2027, a taxa recuou de 12,70% para 12,50%.

Essa queda nos juros mais longos tiveram influência nas ações de varejistas, que dominaram a lista de maiores altas do Ibovespa. A ação ordinária do GPA subiu mais de 8%, e as ordinárias de Magazine Luiza e Americanas avançaram mais de 7%.

No caso do GPA, o conselho de administração aprovou uma redução do capital da empresa de R$ 7,1 bilhões, com a transferência de ações da rede colombiana Éxito para seus acionistas.

Na tarde desta terça, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes determinou a prisão de Anderson Torres, ex-secretário de Segurança do Distrito Federal. Moraes decretou também a prisão de Fabio Augusto Vieira, ex-comandante da Polícia Militar do DF.

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, afirmou que a "minoria golpista" que atacou as sedes dos Três Poderes no domingo conseguiu unir ainda mais as instituições, e classificou como "crimes" os atos praticados por esse grupo. Nesta terça, o Senado também aprovou a intervenção federal no DF, mesmo com voto contrário de bolsonaristas.

O começo do pregão desta terça teve mais influência dos dados de inflação e das notícias vindas do exterior. O IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) acumulou alta de 5,79% nos 12 meses de 2022, informou nesta terça-feira (10) o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Em dezembro, a alta foi de 0,62%, ante 0,41% em novembro.

No exterior, Jereme Powell, presidente do Federal Reserve, o banco central norte-americano, não deu sinais sobre a tendência para as próximas reuniões que vão decidir a trajetória dos juros nos Estados Unidos, em evento promovido pelo banco central da Suécia.

No primeiro momento, os índices de ações em Nova York subiram, perderam força durante a tarde, e terminaram o dia em alta. O índice Dow Jones subiu 0,56%, o S&P 500 avançou 0,70%, e o Nasdaq 100 fechou em alta de 1,01%.