Mercado abrirá em 5 h 29 min

Dólar acentua queda e é negociado na casa de R$ 4,02

Lucinda Pinto

Negócios sentem impacto da disputa pela Ptax, usada para regrar contratos de derivativos O dólar comercial acelerou o movimento de queda no fim desta manhã e ficou abaixo dos R$ 4,03, sob efeito, principalmente, da chamada disputa pela Ptax, usada para regrar contratos de derivativos. A taxa de hoje será usada como referência para o vencimento do mercado futuro, na próxima quinta-feira. A queda mais intensa da cotação beneficia os vendidos em dólar futuro nesse mercado.

dólar; câmbio; moeda; dinheiro

CC0 Creative Commons / pixabay

Às 12h25, o dólar comercial era negociado a R$ 4,0237, baixa de 0,66%. Na mínima, a cotação ficou em R$ 4,027; na máxima, a R$ 4,0432.

No exterior, o mercado opera com tranquilidade, mas sem um sinal único entre as divisas emergentes. O dólar subia, por exemplo, ante o peso mexicano e em relação ao rand sul-africano, mas caía frente a rupia indiana e na comparação com a lira turca.

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro 2025 estava a 6,47%, contra 6,51% no fechamento de sexta-feira passada.