Mercado abrirá em 7 h 27 min
  • BOVESPA

    107.557,67
    +698,80 (+0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.918,28
    +312,72 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,87
    -0,18 (-0,25%)
     
  • OURO

    1.788,80
    +4,10 (+0,23%)
     
  • BTC-USD

    50.279,15
    -865,96 (-1,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.299,97
    -21,31 (-1,61%)
     
  • S&P500

    4.686,75
    +95,08 (+2,07%)
     
  • DOW JONES

    35.719,43
    +492,40 (+1,40%)
     
  • FTSE

    7.339,90
    +107,62 (+1,49%)
     
  • HANG SENG

    23.954,91
    -28,75 (-0,12%)
     
  • NIKKEI

    28.884,28
    +428,68 (+1,51%)
     
  • NASDAQ

    16.409,25
    +91,25 (+0,56%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3523
    +0,0126 (+0,20%)
     

Dólar à vista fecha em baixa de 0,29%, A R$5,5941

·1 min de leitura
Notas de real e dólares

Por José de Castro

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em queda ante o real nesta segunda-feira, numa correção depois de cinco altas seguidas, mas a moeda segue próxima de 5,60 reais, evidência de um prêmio de risco motivado pelas persistentes incertezas locais e pela força da moeda norte-americana no mundo.

O dólar à vista caiu 0,29%, a 5,5941 reais na venda, depois de cinco altas seguidas em que somou ganho de 3,84%.

Nesta segunda, a cotação variou de 5,615 reais (+0,08%) a 5,5625 reais (-0,85%).

O real teve um dos melhores desempenhos neste pregão de força global do dólar. A moeda norte-americana bateu máximas em 16 meses ante uma cesta de rivais, com o mercado vendo continuidade da redução de estímulos e possível aumento antecipado de juros nos EUA diante da recondução de Jerome Powell à chefia do banco central do país por mais quatro anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos