Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.910,10
    -701,55 (-0,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.661,86
    +195,84 (+0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,29
    +0,68 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.792,30
    -2,70 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    37.838,12
    +834,14 (+2,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    863,83
    +21,37 (+2,54%)
     
  • S&P500

    4.431,85
    +105,34 (+2,43%)
     
  • DOW JONES

    34.725,47
    +564,69 (+1,65%)
     
  • FTSE

    7.466,07
    -88,24 (-1,17%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.430,25
    +443,50 (+3,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9813
    -0,0427 (-0,71%)
     

Dólar à vista fecha em alta de 0,72%, a R$5,6723

·1 min de leitura
Bancário conta 4 mil dólares norte-americanos em um banco em Westminster, Colorado, EUA, em 3 de novembro de 2009. REUTERS/Rick Wilking

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar começou a semana em alta frente ao real, numa segunda-feira amplamente negativa no mundo para ativos considerados mais arriscados, diante de receios cada vez maiores sobre os potenciais impactos de altas de juros nos Estados Unidos neste ano.

O dólar à vista fechou com valorização de 0,72%, a 5,6723 reais, devolvendo boa parte da queda de 0,85% da sexta-feira.

Ao longo desta segunda, a cotação oscilou entre ligeira baixa de 0,05%, a 5,6292 reais, e ganho de 1,10%, para 5,694 reais.

Na B3, às 17:02 (de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 0,67%, a 5,7030 reais.

(Por José de Castro)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos