Déficit orçamentário chinês subirá em 2013, diz jornal

O déficit orçamentário da China aumentará significantemente em 2013, à medida que o governo chinês adota medidas para estimular a economia e avança com reformas econômicas estruturais, disse o jornal China Business News, citando fontes.

O jornal afirmou que o governo chinês elevará o seu déficit orçamentário para 1,2 trilhão de ienes (US$ 193 bilhões), do déficit de 800 bilhões de yuans projetado para 2012. Com esse valor, o déficit será de entre 2,1% e 2,2% do Produto Interno Bruto (PIB), em comparação com 1,5% do PIB em 2012, nível que, segundo economistas, está dentro de um intervalo administrável.

Analistas do mercado preveem que o déficit orçamentário da China aumentará no próximo ano, enquanto o governo mantém sua política fiscal proativa para se proteger contra efeitos de um crescimento mais lento em meio à desaceleração da demanda mundial.

Enquanto o governo adota esforços para estimular o consumo doméstico e reduz a dependência das exportações, haverá provavelmente um aumento do gasto do governo junto com mais concessões fiscais.

O aumento do déficit orçamentário também será um reflexo de um crescimento menos robusto nas receitas do governo, à medida que o crescimento econômico perde força.

O governo da China usará 270 bilhões de yuans de seu fundo de estabilização do orçamento para aumentar as receitas, reduzindo efetivamente o déficit na mesma quantia e intensificando as vendas de bônus para ajudar a cobrir o déficit, disse o jornal.

Segundo a publicação, economistas disseram que o déficit maior provavelmente significa que Pequim está planejando gastos adicionais com bem-estar social, incluindo a cobertura médica, e vai absorver também o excesso de capacidade de produção em algumas indústrias, resolver questões trabalhistas, bem como continuar a oferecer um ampla gama de benefícios fiscais.

O orçamento será revelado na sessão anual do Congresso Nacional do Povo, o Poder Legislativo do país, em março. As informações são da Dow Jones.

Carregando...