Déficit comercial dos EUA aumenta 4,9% em outubro

Washington, 11 dez (EFE).- O déficit dos Estados Unidos em seu comércio exterior de bens e serviços aumentou 4,9% em outubro, para US$ 42,24 bilhões, informou nesta terça-feira o Departamento de Comércio.

Em outubro, o valor das importações subiu 2,1% e foi de US$ 222,8 bilhões, enquanto o das exportações caiu 3,6%, para US$ 180,5 bilhões.

O déficit comercial aumentou com o Japão, a União Europeia (UE) e a China - onde subiu para US$ 29,5 bilhões, um novo recorde.

No entanto, com o México, outro dos principais parceiros comerciais dos EUA, o desequilíbrio da balança comercial diminuiu 8,5%, para US$ 4,36 bilhões, devido à alta das exportações para US$ 20,5 bilhões.

Por outro lado, as importações de petróleo aumentaram US$ 2,1 bilhões, para US$ 26,2 bilhões.

Os analistas tinham previsto que a ampliação do desequilíbrio comercial americano chegaria em outubro a US$ 42,5 bilhões, e consideram que este aumento se deve à diminuição da demanda global. EFE

afs/id

Carregando...